Automóveis e Fornecedores Palco 1

8h30 Palestra

O Brasil automotivo no mundo + liderança

Paula Braga

Automotive Business

8h40 Palestra

De onde vem o lucro? A nova cadeia de valor automotiva

O mundo automotivo está em disrupção. Como a cadeia de valor vai se sustentar neste novo cenário? Quais são as novas fontes de receita?

Letícia Costa

Sócia, Prada Consultoria

9h00 Palestra

Os avanços no crédito para veículos

Rodnei Bernardino de Souza

Diretor, Itaú Credito Veículos

9h50 Painel

A recuperação do mercado automotivo brasileiro



A recuperação da maior crise da história da indústria automotiva parece ir bem, obrigado. Quais são as projeções a partir de agora? Quando voltaremos ao patamar recorde? Como evitar um novo colapso?

Luiz Carlos Moraes

Presidente, Anfavea

Luiz Carlos Moraes é economista e atua como vice-presidente da Anfavea desde 2012. Ingressou no setor automotivo em 1978 e iniciou sua carreira na Mercedes-Benz do Brasil na área de contabilidade, passando por diversas setores da empresa, como relações governamentais e comunicação corporativa. É graduado pela Fundação Santo André e possui pós-graduação na FGV, MBA no IBMEC e pós-graduação no INSEAD/França. Com anos de experiência trabalhando no setor automotivo, Luiz Carlos participou de fatos relevantes para o segmento como discussões de regimes automotivos, reuniões com esferas governamentais relativas às normas de emissões, segurança e comércio exterior. O executivo é presidente da Anfavea e do Sinfavea para a gestão 2019 – 2022.

Fernando Calmon

Jornalista

Fernando Calmon, engenheiro e jornalista especializado desde 1967, quando produziu e apresentou o programa Grand Prix, na TV Tupi (RJ e SP) até 1980. Foi diretor de redação da revista Auto Esporte (76/82 e 90/97), editor de Automóveis de O Cruzeiro (70/75) e Manchete (84/90). Produziu e apresentou o programa Primeira Fila (85/94) em cinco redes de TV.

Sua coluna semanal sobre automóveis, “Fernando Calmon”, começou em 1999. Publicada em UOL Carros, além de uma rede de 80 portais, sites, jornais e revistas pelo Brasil. É correspondente para o Mercosul do site Just-Auto (Inglaterra). Diretor de redação da revista Top Carros.Em abril de 2015, eleito o mais admirado jornalista automobilístico do país por 400 profissionais do setor.Exerce consultoria em assuntos técnicos e de mercado na área automobilística e também em comunicação.

Paulo Ricardo Braga

Editor, Automotive Business

Jornalista e administrador de empresas, é diretor e editor da revista Automotive Business e do portal www.automotivebusiness.com.br. Trabalhou nas áreas de marketing e comunicação empresarial da Subaru do Brasil, Lada do Brasil, Promon Tecnologia, Iveco e Burson Marsteller. Foi revisor de textos na Folha de S.Paulo e no Estado de S. Paulo e redator do jornal Última Hora e revistas Química & Derivados e Plásticos & Embalagem, da Editora Abril.

10h00 Painel

Autopeças precisam reescrever a história da cadeia de suprimentos




A recuperação da maior crise da história da indústria automotiva parece ir bem, obrigado. Quais são as projeções a partir de agora? Quando voltaremos ao patamar recorde? Como evitar um novo colapso?

Gábor Deak

Diretor, Sindipeças

Gábor Deák é diretor de Tecnologia do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças). Integrou o Conselho de Administração da entidade de 2007 a 2018. Formou-se em Engenharia Mecânica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, em 1973, e é pós-graduado em Administração de Empresas pelo Curso de Especialização em Administração para Graduados (CEAG), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Deák é ainda integrante do Conselho Executivo da SAE Brasil, entidade que presidiu nos anos de 2005 e 2006. Ocupou posições de liderança nas empresas Delphi Corporation e Iochpe Maxion.

10h10 Painel

Só sobrevive quem exporta

O mercado brasileiro está se abrindo. Para sobreviver ao novo cenário e se blindar de oscilações internas, empresas apostam na exportação. Conheça as oportunidades e tendências neste campo.

Antonio Megale

Diretor de assuntos governamentais, Volkswagen do Brasil

Graduado em engenharia mecânica automotiva pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pós-graduado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV), Megale também é diretor de assuntos governamentais da Volkswagen do Brasil desde 2008.

Iniciou a carreira na Ford em 1981, com posterior passagem pela Autolatina, onde trabalhou como engenheiro de desenvolvimento de produto, especialista de planejamento de produto e supervisor de pós-venda e gerente de marketing. Atuou como gerente de planejamento de produto e gerente de marketing na Chrysler entre 1997 e 2000 e como diretor de marketing e de relações institucionais na Renault até 2008, quando iniciou suas atividades na Volkswagen.

Megale foi presidente da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, AEA, por duas gestões, de 2011 a 2014 e presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, e do Sindicato Nacional da Indústria de Tratores, Caminhões, Automóveis e Veículos Similares, Sinfavea, para a gestão 2016-2019.

Mark Essler

Sócio-diretor, Kearney

10h40 Network

Business Experience

11h05 Network

Coffee Break

11h40 Painel

Parceiros ou concorrentes: a nova cadeia de valor

A cadeia automotiva não é feita mais apenas de relações binárias. Há novas empresas envolvidas e a linha entre parceiros e concorrentes fica cada vez mais turva. Qual é o horizonte a partir disso?

Marcelo Cioffi

Sócio-diretor, PWC

Marcelo Cioffi é sócio da PwC e líder para o setor automotivo no Brasil. Baseado em São Paulo, possui extensa experiência em consultoria e auditoria em empresas nacionais e multinacionais em toda a cadeia de valor do setor automotivo. Sua experiência profissional inclui dois anos de vivência no escritório da PwC em Detroit, Michigan e três no escritório de Salvador, Bahia. Marcelo Cioffi possui MBA pela FGV-SP e é formado em administração de empresas pela PUC-SP e em ciências contábeis pela UNIP-SP.

Celso Gitelman

Representante, Mobileye

Rodrigo Stanger

Vice-presidente de consultoria para indústria automotiva, IBM América Latina.

12h00 Painel

Como melhorar a experiência do cliente com a compra do carro

Sant Clair de Castro Júnior

CEO, Mobiauto

12h10 Painel

Mercado global de veículos: colapso ou expansão?

As vendas globais caíram pela primeira vez em 2019 após anos de expansão. Fatores como a crise climática, a redução da demanda na China e aumento do uso de carros compartilhados se tornam cada vez mais decisivos para o setor automotivo. Qual é a tendência a partir de agora? Onde estão os mercados mais promissores do mundo?

Vitor Klizas

Jato Dynamics

Desde 2015, Vitor Klizas é presidente da Jato Dynamics no Brasil. Anteriormente à Jato, teve uma carreira internacional construída em empresas automotivas como, IHS, Peugeot, Ford e GM, sendo responsável pelo start up de várias operações Automotivas. Vitor é PhD em economia e MBA por universidades norte-americanas. Graduado em engenharia, possui especializações em gestão estratégica de negócios.

Fernando Trujillo

Consultor, IHS Markit

Fernando Trujillo trabalha na IHS Markit desde 2009, empresa com experiência em dados e análises nos principais setores que movem a economia global, incluindo posições de liderança como finanças, energia e transportes. Fernando é responsável pelos serviços de consultoria para a Industria Automotiva na América do Sul, especializado em prover soluções que capacitam nossos clientes a tomar decisões estratégicas com maior confiança.

Fernando é engenheiro mecânico automotivo formado pela FEI, com pós-graduação em marketing organizacional pela Unicamp. Atualmente, Fernando está cursando MBA em gerenciamento de projeto pela USP.

12h50 Pausa

Almoço

13h40 Painel

Especial AB

Liderança do Setor Automotivo: as pessoas como protagonistas da transformação

Giovanna Riato

Automotive Business

Colaboradora de Automotive Business, é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo, com pós-graduação em Economia pela Fipe – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP. Especializada em negócios, inovação e indústria automotiva, já colaborou com a publicação inglesa AMS – Automotive Manufacturing Solutions e escreve sobre inovação corporativa para o Projeto Draft. É uma das idealizadoras e responsáveis pelo projeto Presença Feminina na Indústria Automotiva.

Pablo Di Si

Presidente e CEO, Volkswagen América Latina

Pablo Di Si assumiu a posição de presidente e CEO da Volkswagen América Latina em outubro de 2017. Antes desta nomeação, ele ocupava o cargo de presidente e CEO da Volkswagen Argentina. Em 2018, completou o programa Managing Efficient Boards na Harvard University. Em 2017, concluiu o CEO Global Program na Wharton, IESE and CEIBS Business School e foi eleito presidente da AHK Argentina (Câmara de Indústria e Comércio Argentina –Alemanha).

Graduado pela Harvard Business School (AMP 2011), tem MBA de International Management pela Thunderbird, School of Management (2002). Formou-se em contabilidade pela Northwestern University (1996). Pablo Di Si é também bacharel em administração, com especialização em finanças, pela Loyola University of Chicago (1994).

Di Si tem 49 anos e iniciou sua carreira no Grupo Volkswagen em 2014. Anteriormente, ocupou posições-chave nas áreas de finanças e desenvolvimento de negócios na FCA – Grupo Fiat Chrysler – nos Estados Unidos e no Brasil, onde viveu por 11 anos (nas cidades de São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte).

Atualmente, Pablo Di Si tem liderado um processo de transformação na Nova Volkswagen, que prevê a maior ofensiva de produtos na história da empresa na América Latina, com o lançamento de 20 modelos até 2020, investindo R$ 7 bilhões no Brasil e US$ 800 milhões na Argentina. Com essa estratégia, a empresa tem como meta ficar muito mais próxima de seus clientes e parceiros comerciais na Região América Latina.

14h20 Palestra

Rota 2030: os resultados e desafios até aqui

Ricardo Zomer

Coordenador da Coordenação da Indústria Automotiva, Ministério da Economia

14h40 Painel

Qual é o papel do Brasil na revolução automotiva?

O mundo repensa o uso do carro e as formas de fazer negócio com ele. Qual é o potencial das empresas instaladas no Brasil de entregar inovação? Além de um grande mercado, o que temos a oferecer? Para onde caminhamos?

Paulo Cardamone

CEO, Bright Consultoria

Paulo Roberto Cardamone, 64 anos, é chief strategy officer da Bright Consulting. Há trinta e oito anos vivencia o dia a dia das montadoras e fornecedores no setor, tendo foco de atuação em consultorias de planejamento estratégico relacionadas à manufatura de veículos, powertrain e cadeia de suprimentos. É responsável pelo suporte a clientes em suas decisões de planejamento futuro, programas de investimento e alianças estratégicas e tem servido desde 2010 o governo brasileiro no desenvolvimento de recomendações para a melhoria da competitividade do setor automotivo incluindo a legislação de eficiência energética para veículos leves. Na Bright Consulting é responsável por projetos de consultoria relacionados a cenários de futuro que permitem analisar em diferentes contextos as profundas transformações por que passa a indústria automobilística e suportou o MDIC e seus legisladores na elaboração tanto do Inovar Auto quanto do programa Rota 2030. Cardamone se apresenta regularmente no exterior expondo sua visão sobre as principais tendências da indústria automobilística e seus impactos na América Latina. É graduado em estatística pela Universidade Estadual de Campinas - Unicamp , e possui MBA em administração industrial pela Universidade de São Paulo - USP. Ele é membro do Comité Estratégico Automotivo na Amcham, em Campinas, SP, da Society of Automotive Engineers (SAE) e membro do conselho consultivo do ICarros (Itaú-Unibanco).

14h55 Painel

O que as fabricantes de veículos querem comprar

As montadoras têm muito a investir em componentes e serviços. Na era digital, no entanto, há itens que perdem a relevância, enquanto novas oportunidades de fornecimento se abrem.

Celso Simomura

Vice-presidente de compras, Toyota

Rodrigo Godinho

Diretor de compras, GM

15h25 Palestra

As novas estratégias da FCA no mercado brasileiro

Planejar o carro do futuro, reestruturar a distribuição, encarar a nova mobilidade e atender o novo consumidor são parte da nova equação automotiva

Antonio Filosa

Presidente, FCA América Latina

15h45 Network

Coffee Break

16h35 Painel

Os novos modelos de negócios da cadeia de autopeças

Fabricantes de veículos têm trabalhado para novas fontes de geração de receitas. Mas e os fornecedores? Para fugir da obsolescência, empresas estudam novos mercados e formas de atuação.

Antonio Azevedo

CEO, Logigo

Antonio Azevedo Junior, engenheiro formado pela Universidade Bandeirante em São Paulo, é fundador e CEO da LogiGO Automotive e da Disruptiv Technologies. Recentemente se tornou membro do conselho do Sindipeças. Antonio também já atuou em outras áreas da tecnologia e em empresas importantes do setor, como a Siemens e ABB. Certificado em diversos cursos na área executiva de negócios, como Insper, FGV e Ibmec. Nesse ano de 2019, explorou os avanços mais recentes em tecnologias exponenciais, alcançando a licença e certificação de EIP - Exponential Innovation Program, na Singularity University, situada na Califórnia, Estados Unidos.

Osias Galantine

Diretor comercial, Aethra

Cássio Pagliarini

Consultor

17h00 Palestra

O alcance da retomada da economia brasileira

Octavio de Barros

Diretor e fundador, Quantum 4

Octavio de Barros é cofundador e sócio da Quantum4 Soluções de Inovação e presidente do think tank República do Amanhã e da OMRBarros Consultoria Econômica. Foi economista-chefe do Banco Bradesco por 15 anos, depois de ter sido por cinco anos economista-chefe do BBVA- Banco Bilbao Vizcaya Argentaria. Atuou também como diretor setorial de economia da Febraban. Fez doutoramento pela Universidade de Paris 10-Nanterre. Ex-assessor do Ministério da Fazenda por duas ocasiões e foi o primeiro economista-pesquisador convidado do Banco Central do Brasil. Nos anos 90, atuou como consultor do BNDES, economista-pesquisador convidado do Development Center da OCDE, chefe de operações financeiras internacionais da CESP e coordenador geral da Presidência da Comgas. Foi igualmente professor de economia da Unicamp-Universidade de Campinas de 1987 a 1994. Em 1994, foi fundador da SOBEET-Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica. Atualmente é o vice-presidente da Câmara de Comércio França-Brasil, membro do Conselho Superior de Economia da FIESP, do Conselho da Funcex, do Conselho do IRICE-Instituto de Relações Internacionais & Comércio Exterior, do Conselho Empresarial Brasil-China, do Conselho Superior da Ordem dos Economistas do Brasil. Atua como membro dos conselhos de administração da Aliança Francesa e do Lycée Molière no Rio de Janeiro. É membro do conselho de professores do IBMEC e membro do conselho consultivo da Robert Bosch Limitada. É sócio-diretor da Quantum4 - Soluções de Inovação, preside a OMRBarros Consultoria Econômica e é presidente do conselho do think tank “República do Amanhã” no Brasil e do “République de Demain” na França. É coorganizador, junto com Fabio Giambiagi, dos livros "Brasil Globalizado" e "Brasil pós-crise: agenda para a próxima década", pela Editora Campus Elsevier. Foi condecorado pelo governo francês como Chevalier de la Légion d’Honneur e também com a Ordem do Rio Branco pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil.