Caminhões, Ônibus, Máquinas Agrícolas e Fornecedores Palco 2

8h30 Palestra

O Brasil automotivo no mundo + liderança

Paula Braga

Automotive Business

8h40 Palestra

A crise de identidade das fabricantes de pesados

Com tecnologias em ascensão, empresas deixam de simplesmente fabricar veículos e passam a ocupar posição de operadoras de transporte e prestadoras de serviço

Wilson Lirmann

Presidente, Grupo Volvo América Latina

9h00 Palestra

Os avanços no crédito para veículos

Rodnei Bernardino de Souza

Diretor, Itaú Credito Veículos

9h50 Palestras + Painel

Caminhões: para onde o segmento caminha no Brasil?



Estima-se que o Brasil tenha capacidade para fabricar 300 mil caminhões por ano, mas ainda estamos bem distantes deste número. Para onde este mercado caminha? Quais são os novos patamares?

Carlos Briganti

Managing director, Power Systems Research América do Sul

Engenheiro de materiais pela Universidade Federal de São Carlos e mestrado pela Escola Politécnica da USP, possui 30 anos de experiência em várias posições executivas da indústria automotiva global, tais como presidente de empresa multinacional no Brasil, gerente geral de empresa multinacional na Europa e Japão. Tem experiência de 10 anos em consultoria de negócios, sendo atualmente presidente do Grupo Engenho Consultoria e Managing Director da Power Systems Research para a América do Sul. Foi diretor da ABM durante oito anos e atualmente é membro do Conselho Consultivo e da Comissão de Tecnologia Diesel da SAE Brasil.

10h10 Painel

Ônibus: as promessas para urbanos e rodoviários nos próximos anos

Como este mercado vai evoluir nos próximos anos no Brasil? Quais são as principais oportunidades e pontos de atenção?

José Augusto Ferraz

Diretor e editor, Frota & Cia

Jornalista especializado no transporte rodoviário de cargas e passageiros. Com 40 anos de atuação nesse mercado, já trabalhou nas principais veículos de comunicação do setor. Desde 1992 é sócio proprietário da SFCom, que atua na área de publicações, eventos e mídia digital, encabeçada pela multiplataforma Frota&Cia.

Paulo Corso

Diretor comercial, Caio/Busscar

Rodrigo Pikussa

Diretor do negócio ônibus, Marcopolo

Walter Barbosa

Diretor de marketing e vendas, ônibus, Mercedes-Benz

Jorge Carrer

Gerente executivo de vendas de ônibus, VWCO

10h40 Network

Business Experience

11h05 Network

Coffee Break

11h40 Painel

Fazenda 4.0: como levar tecnologia para mundos desconectados

Entenda o futuro das máquinas agrícolas e os obstáculos e oportunidades no campo.

Alfredo Miguel Neto

Diretor de assuntos corporativos, John Deere

Ana Helena de Andrade

Diretora de assuntos governamentais, AGCO

Anselmo Arce

Diretor de Relações Institucionais, Solinftec

Frederico Olivi

Jornalista

Frederico Olivi, jornalista, especializado em agronegócio, há 20 anos atende as principais empresas do setor e desde 2008 esta à frente da Direção de Jornalismo do Programa Marcas e Máquinas, exclusivo no Brasil para a produção de reportagens de campo sobre as tecnologias de máquinas agrícolas e de construção, que a partir de 2020 está em exibição no Portal Notícias Agrícolas, na TV Climatempo e em suas redes sociais.

Thiago Wrubleski

Diretor de Planejamento e Serviços Comerciais da América do Sul, CNH

Thiago Wrubleski tem mais de 18 anos de experiência em gerenciamento de cadeia de suprimentos, com sólida experiência em ambientes industriais e de varejo. É um profissional de pensamento estratégico e orientado para resultados com fortes habilidades de liderança. Desde de janeiro de 2019, é diretor de portfólio de produtos e commercial services da CNH Industrial para a América do Sul. Thiago Wrubleski conduz atividades de business intelligence para garantir que os dados de mercado sejam consistentes e confiáveis, planeja, desenvolve e executa a estratégia de comunicação de cada marca na América do Sul, aplicando uma abordagem 360° com cada segmento.

Trabalha em estreita colaboração com cada marca de marketing para apoiar e executar atividades relacionadas à comunicação da marca. E atua proativamente com todas as marcas/segmentos da CNH Industrial para impulsionar de forma sustentável o negócio de redes de concessionárias, antecipando tendências e incentivando sinergias. Sua função é também atuar para garantir o alinhamento da demanda e fornecimento com a organização da cadeia de suprimentos para gerenciar o equilíbrio entre os níveis de estoque e serviço. É responsável ainda por validar as premissas regionais de vendas em colaboração com finanças e gerenciar as marcas para garantir que as metas do EBIT sejam atingidas.

12h10 Painel

O que pensam os líderes do mercado de pesados?

Presidentes das principais fabricantes de veículos pesados falam sobre as tendências para o mercado brasileiro e o desafio de atrair os holofotes globais para soluções desenvolvidas aqui.
12h50 Pausa

Almoço

13h40 Painel

Especial AB

Liderança do Setor Automotivo: as pessoas como protagonistas da transformação

14h20 Painel

A logística na era do caminhão por assinatura

14h40 Palestra

O mercado de máquinas agrícolas

O Brasil é o País em que os recordes na produção agrícola acontecem a cada ano. Qual é a perspectiva agora? Como estes volumes impactam na venda, na produção e na oferta de tecnologia de máquinas agrícolas?

Carlos Reis

Presidente, Carcon

Carlos Reis é o sócio principal e presidente da Carcon Automotive, empresa com sede em São Bernardo do Campo, SP. Desde 2012 tornou-se representante exclusivo para a América do Sul da LMC Automotive, importante empresa de atuação em nível mundial e conhecida por suas projeções para o ramo automotivo. Carlos Reis é economista formado pela Fundação Brás Cubas de Mogi das Cruzes e possui pós-graduação em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas.

14h55 Painel

Os novos atores do mundo do transporte

A mobilidade vai muito além das montadoras. Há novos atores em cena como startups, empresas de tecnologia e até, quem diria, governos. Descubra quais são as novas propostas.

Adalberto Maluf

Diretor de Marketing, BYD

Adalberto Maluf é diretor de marketing, sustentabilidade e novos negócios da gigante de energia limpa e mobilidade elétrica da BYD (Build Your Dream), bem como diretor de veículos pesados da ABVE (Associação Brasileira de Veículos Elétricos) e membro do conselho da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica). Adalberto é bacharel em relações internacionais e mestre em economia política internacional pelo Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (IRI/USP). Trabalhou com temas e projetos relacionados à mitigação das mudanças climáticas e políticas públicas no nível subnacional, com foco em energia, sustentabilidade e mobilidade urbana. Antes da BYD, Adalberto trabalhou na Prefeitura de São Paulo entre 2006 e 2007 e foi diretor da Clinton Climate Initiative (parte da Fundação Clinton) em parceria com a da Rede de Cidades C40 (Large Cities Climate Leadership Group), em São Paulo, de 2007 a 2014.

Federico Vega

CEO, CargoX

Fernando do Amaral Nogueira

Diretor, Mobilab

15h25 Painel

O veículo pesado é a real competência automotiva brasileira?

Para ter relevância global o Brasil precisa ser mais do que um grande mercado e, de fato, entregar novas soluções ao mundo. Nos últimos anos, o setor de veículos pesados tem cumprido esta tarefa com louvor.

Ricardo Alouche

Vice-presidente de vendas, marketing e pós-venda, VWCO

Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas, é responsável pelos mercados brasileiro e internacional da VW Caminhões e Ônibus. Além de vendas nacionais e internacionais, Ricardo Alouche tem sob sua vice-presidência as áreas de marketing, pós-vendas, peças e acessórios e administração. Graduado em engenharia de produção mecânica pela Universidade Paulista, pós-graduado em marketing pela ESPM e com MBA em Estratégia Corporativa de Negócios pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), iniciou sua carreira profissional em 1986. Dois anos depois, foi contratado pela Volkswagen Caminhões e Ônibus, onde desenvolveu sua trajetória como executivo de vendas, marketing e pós-vendas. Em abril de 2009, foi promovido ao cargo de diretor e board member. Em janeiro de 2013, assumiu a vice-presidência de vendas, marketing e pós-vendas da empresa, reportando-se ao presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus, Antonio Roberto Cortes.

Roberto Leoncini

Vice-presidente de vendas e marketing de caminhões, Mercedes-Benz

Roberto Leoncini é vice-presidente de vendas e marketing caminhões e ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. Desde junho de 2014 na empresa, o executivo tem vasta experiência e ampla rede de relacionamento na área comercial de caminhões e ônibus. Durante a gestão do executivo, o slogan “As Estradas falam. A Mercedes-Benz ouve” foi seguido por todas as áreas da empresa, com o objetivo de conhecer os clientes e suas reais necessidades. Leoncini e sua equipe foram a campo colher depoimentos de frotistas e caminhoneiros a respeito dos produtos da marca e, desta forma, trazer a lição de casa para dentro da fábrica, possibilitando a criação de novas soluções de transporte a partir do que foi adquirido nesses encontros. Além disso, sob a liderança de Leoncini e coordenação de sua equipe, a empresa fez diversos novos investimentos para ampliar a oferta de produtos e serviços, tanto para venda quanto para peças e serviços. Como resultado, a Mercedes-Benz retomou a liderança nas vendas de caminhões nos últimos anos e teve significativo avanço de market share em todos os segmentos, conquistando prêmios e aproximando-se ainda mais do cliente, oferecendo soluções certas para o seu negócio. Em ônibus, não foi diferente. A marca se manteve na liderança de vendas, posto esse nunca ocupado por outra empresa do segmento, e permanece oferecendo o que há de melhor em tecnologia e conforto também aos clientes de ônibus.

15h45 Network

Coffee Break

16h35 Painel

Os desafios na cadeia de fornecedores

As empresas de autopeças investem em tecnologia e novos negócios para atender as montadoras

Adalberto Momi

Diretor geral, Meritor América do Sul

Luis Pasquotto

Presidente, Cummins Brasil

Carlos Delich

Presidente, ZF América do Sul

17h00 Painel

Da combustão ao elétrico: a jornada da Iveco com a Nikola

Em setembro de 2019 a Iveco firmou sociedade com a startup Nikola para produzir caminhões elétricos a hidrogênio. Conheça os aprendizados das duas empresas no desenvolvimento de novas tecnologias e modelos de negócio.

Giovanna Riato

Automotive Business

Colaboradora de Automotive Business, é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo, com pós-graduação em Economia pela Fipe – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP. Especializada em negócios, inovação e indústria automotiva, já colaborou com a publicação inglesa AMS – Automotive Manufacturing Solutions e escreve sobre inovação corporativa para o Projeto Draft. É uma das idealizadoras e responsáveis pelo projeto Presença Feminina na Indústria Automotiva.

Pablo Di Si

Presidente e CEO, Volkswagen América Latina

Pablo Di Si assumiu a posição de presidente e CEO da Volkswagen América Latina em outubro de 2017. Antes desta nomeação, ele ocupava o cargo de presidente e CEO da Volkswagen Argentina. Em 2018, completou o programa Managing Efficient Boards na Harvard University. Em 2017, concluiu o CEO Global Program na Wharton, IESE and CEIBS Business School e foi eleito presidente da AHK Argentina (Câmara de Indústria e Comércio Argentina –Alemanha).

Graduado pela Harvard Business School (AMP 2011), tem MBA de International Management pela Thunderbird, School of Management (2002). Formou-se em contabilidade pela Northwestern University (1996). Pablo Di Si é também bacharel em administração, com especialização em finanças, pela Loyola University of Chicago (1994).

Di Si tem 49 anos e iniciou sua carreira no Grupo Volkswagen em 2014. Anteriormente, ocupou posições-chave nas áreas de finanças e desenvolvimento de negócios na FCA – Grupo Fiat Chrysler – nos Estados Unidos e no Brasil, onde viveu por 11 anos (nas cidades de São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte).

Atualmente, Pablo Di Si tem liderado um processo de transformação na Nova Volkswagen, que prevê a maior ofensiva de produtos na história da empresa na América Latina, com o lançamento de 20 modelos até 2020, investindo R$ 7 bilhões no Brasil e US$ 800 milhões na Argentina. Com essa estratégia, a empresa tem como meta ficar muito mais próxima de seus clientes e parceiros comerciais na Região América Latina.

Antonio Filosa

Presidente, FCA América Latina