Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Opinião | Joel Leite |

Ver todas as opiniões
Joel Leite

10/07/2018

Volkswagen é a que mais ganha participação; GM a que mais perde

Marca alemã aumentou participação de 12,6% para 14,8% no semestre. Renault, Nissan, Jeep e Kia também crescem

Com 166,4 mil carros vendidos no primeiro semestre, a Volkswagen foi a marca que mais aumentou a participação de mercado este ano. Tinha 12,6% das vendas de carros e comerciais leves no primeiro semestre de 2017 e fechou os primeiros seis meses de 2018 com 14,8%: vendeu 41.464 unidades a mais.

Mesmo assim, manteve o segundo lugar no ranking de vendas (veja quadro), atrás da GM, que apesar de ser líder absoluta, foi a que mais perdeu este ano. Com 190.403 unidades emplacadas, sua participação caiu de 17,7% no primeiro no semestre do ano passado para 16,9% agora, mesmo tendo vendido 14.582 carros a mais este ano.

A Volkswagen foi a única que teve aumento significativo na participação das vendas: 2,2 pontos porcentuais. A Renault, segunda colocada no ranking de crescimento, conquistou 0,9 ponto de participação, passando de 7,4% para 8,3%, e a Nissan 0,7 pp (de 3,4% para 4,1%). Jeep, Kia, Volvo e Chery formam o grupo das sete marcas que aumentaram a participação em 2018 (veja quadro).

Além da GM/Chevrolet, outras três marcas perderam 0,8 ponto porcentual em relação ao primeiro semestre do ano passado: Honda (que ficou com 5,7%), Hyundai (8,6%) e Toyota (8%).

A Fiat tinha 13,6% e ficou com 13%, mas ainda se segura no terceiro lugar do ranking nacional de vendas. Também perderam no semestre a Citroën (ficou com 0,8%), Peugeot (1,1%) e Audi (0,4%).



Polo, Kwid e Compass entram na lista dos dez mais



VW Polo, Renault Kwid e Jeep Compass são as novidades no ranking dos carros mais vendidos este ano. Renovado, o hatch da Volkswagen é o quarto modelo mais emplacado no primeiro semestre, com 34.139 unidades, enquanto o carro de entrada da Renault ficou com a oitava posição no ranking, com um total de 29.679 unidades. O Jepp Compass vendeu 28.198 carros e ficou em décimo lugar.

A liderança foi confirmada pelo Chevrolet Onix, o mais vendido nos últimos três anos e que deve repetir a dose em 2018. Será quase impossível um corrente ameaçar a liderança do hatch da GM, já que ele tem, nos primeiros seis meses, quase o dobro do segundo colocado. O Onix fechou o semestre com 89.623 unidades, contra 50.428 do Hyundai HB20 e 48.264 do Ka, terceiro colocado.

Velhos campeões se mantêm na lista dos mais vendidos, caso do VW Gol, que ficou com a quinta posição com 32.519 carros, do Chevrolet Prisma, sétimo colocado com 32.017, da picape Fiat Strada, em sexto com 32.508, e do sedã Toyota Corolla, nono colocado este ano com 28.556 (foi o sétimo no ano passado).

Três carros deixaram o pelotão principal do ranking: Fiat Mobi e Toro e Renault Sandero, mas se mantêm logo após os 10 mais. A picape Toro encerrou este semestre como na 12ª colocação, o Sandero na 13ª e o Mobi na 14ª. Na frente deles, o Fiat Argo, 11º colocado no ranking.

Na briga entre os utilitários esportivos compactos, apenas o Hyundai Creta subiu um posto no ranking, passando da 20ª para a 19ª colocação. Honda HRV, Nissan Kicks e Jeep Renegade perderam posições este ano em relação ao primeiro semestre de 2017.

Quem cresceu e quem perdeu
A picape Strada foi o modelo que mais cresceu este ano entre os dez mais vendidos. Vendeu 32.508 unidades até junho, contra 24.025 no primeiro semestre do ano passado. O Compass também teve crescimento expressivo, 28,1%, passando de 22.007 unidades em 2017 para 28.198. O Ka vendeu 8,1% a mais (de 44.653 para 48.264), o Onix emplacou 6.379 a mais, com aumento de 7,7% e o Prisma cresceu 2,6%: vendeu este ano 32.017.

O carro que mais perdeu entre os dez mais vendidos foi o Gol, que vendeu 11,1% a menos, passando de 36.204 unidades no primeiro semestre de 2017 para 32.199 agora. O Corolla perdeu 2,2%, vendeu este ano 28.556 unidades, 638 carros a menos. E o HB20 teve queda de 1,4%, com 50.428 unidades.

____________________________________________________
Este artigo foi publicado originalmente na Agência Autoinforme
joelleite@autoinforme.com.br

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência