Automotive Business
  
ABLive

Opinião | Francisco Sarkis |

Ver todas as opiniões
Francisco Sarkis

30/06/2020

O mundo ficou Vuca para todo mundo?

Na verdade, as novas formas de vender produtos e serviços é que modificaram a dinâmica das relações interpessoais e nos negócios

Mais agora neste período de pandemia, muita gente diz que o mundo ficou Vuca, iniciais em inglês para volátil, incerto, complexo e ambíguo. Aliás, muitos usam esse termo como sinônimo de incerteza de uma realidade atual que não se entende muito bem.

Com o surgimento da web, e consequentemente de novas mídias, a forma de se comunicar entre as pessoas mudou. Todo o mundo ganhou acesso à informação que antes estava restrita. Como se sabe, conhecimento é poder. Então, muda-se a forma de administração e de organização dos processos e das pessoas.

No mundo dos negócios, a consequência imediata é o empoderamento do consumidor. O nível de exposição nas mídias sociais é enorme, gerando uma pressão absurda por medo de algum arranhão na reputação pelas empresas. A web possibilitou uma nova geração de clientes muito mais ativos, que inclusive define a qualidade do atendimento que está sendo oferecido ao próprio cliente. A reputação do serviço é medida por cliques, estrelas, comentários e likes, entre outras formas.

Sem internet, realidade virtual, inteligência artificial ou robótica, não seria possível vermos o mundo mudar. No entanto, a tecnologia é o meio pelo qual ocorre a transformação e não o fim! Assim, temos uma nova capacidade aumentada de administração dos processos e a gestão e comando das pessoas na sociedade, e consequentemente dos negócios e das empresas.

Surge então a angústia e a depressão pela falta de entendimento da realidade atual e de uma certeza provisória para cenários futuros que não apontam para onde seguiremos. Na era digital dá para resolver algo que era impossível anteriormente: conseguir qualidade na quantidade e quantidade com qualidade. O que é exponencial, portanto, não são novas tecnologias, mas a forma de gestão e controle, mais compatível com a forma de pensar e agir da nova geração.

Veja por exemplo sucessos recentes de negócios digitais: Uber, Airbnb e Mercado Livre. Os negócios são todos disruptivos. Não dá para comparar com nada do que veio anteriormente. Não temos gestor de treinamento, gestor de qualidade ou gestor de equipe para controlar os entregadores.

Enfim, a forma de vender produtos e serviços nesta era digital modifica de maneira nova a dinâmica das relações interpessoais e nos negócios. Agora ficou menos Vuca o que está acontecendo?

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência