ANÁLISE

Mercado

Os segmentos e países de origem dos veículos importados


Análise mostra a vocação dos maiores fornecedores de automóveis e comerciais leves para o Brasil


Os importados perderam pequena parte da sua participação nas vendas de automóveis e comerciais leves no primeiro quadrimestre de 2012. A presença destes modelos, que chegou a 27,5% em dezembro de 2011, caiu para 24,8% em abril deste ano, como se observa no gráfico abaixo.

veículos importados



Avaliando a origem dos veículos importados para o Brasil, a Argentina continua na primeira colocação entre as maiores exportadoras do setor para o País, com aproximadamente 10% das vendas de leves. Em seguida está o México, que atingiu o pico de 6% em março deste ano, alavancado principalmente pelas vendas da Nissan. A Coreia do Sul era a segunda colocada até novembro de 2011, quando foi ultrapassada pelo México, como se vê na comparação entre os cinco países líderes em vendas de veículos para o Brasil.

veículos importados



É possível notar que o ponto forte dos importados foi segmento de leves neste primeiro quadrimestre. Confira abaixo quais categorias de veículos são produzidos em diferentes regiões e vendidos no Brasil:

A) Brasil – veículo leve produzido e vendido aqui tem maior participação dos carros compactos do segmento A e B, como Gol, Uno, Palio e Fox.

veículos importados

B) Argentina – a maioria dos veículos produzidos no país vizinho e vendidos aqui é de compactos e médios, seguido de pick-ups, como Agile, Clio, Focus e Hilux .

veículos importados

C) Alemanha – a maior parte dos carros trazidos do país europeu é de carros médios e utilitários esportivos (SUVs) de luxo. As principais marcas são Audi, BMW, Mercedes-Benz e Volkswagen.

veículos importados

D) China – os modelos chineses vendidos no Brasil são compactos e vans/utilitários de uso comercial, como QQ,J3 e Towner.

veículos importados

E) Coréia do Sul – foco em carros médios e utilitários esportivos, como i30, ix35, Cerato e Soul.

veículos importados

F) México – veículos trazidos com isenção do imposto de importação e sem o IPI maior são compactos e médios, seguido de utilitários esportivos (SUV). Entre os exemplos estão March, Versa, Jetta e CR-V.

veículos importados

Portanto, vemos que os veículos compactos vendidos no Brasil têm como maiores fornecedores o próprio país, Argentina, México e China. Já o segmento de médios tem, além da produção local, o abastecimento feito pela Argentina, México, Coreia e Alemanha.

Comentários: 0
 

Comente este artigo

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*: