ANÁLISE

Mercado

Meta de exportar 1 milhão de veículos em 2017 é viável?


Volatilidade da taxa de câmbio será fator determinante


Recentemente, a Anfavea estabeleceu como meta para 2017 a exportação de 1 milhão de veículos. A projeção para 2013 é atingir 534 mil unidades exportadas, um aumento de 20% sobre as 445 mil de 2012. Como o Brasil já exportou 319 mil até o fim de julho passado, é bastante factível que a previsão deste ano seja alcançada. Porém, a meta de vendas externas para 2017 dependerá de inúmeros fatores, como competitividade, atualização tecnológica, demanda dos outros mercados, câmbio, agressividade comercial, entre outros.

Entre 1999 e 2008 o Brasil teve uma balança comercial de veículos favorável, exportando mais do que importando. Desde 2009, no entanto, exportamos menos veículos do que importamos – apesar das ações protecionistas, como o aumento de 30 pontos porcentuais do IPI para os importados, que vigora desde o fim de 2011 para veículos fabricados fora do Mercosul e México, ou que ainda não aderiram ao programa Inovar-Auto. O gráfico abaixo ilustra a importação e exportação em unidades desde 1995.

Importação

A importação de veículos tem correlação importante com o câmbio, como se observa no gráfico abaixo. As importações atingiram um patamar mínimo em 2003 e 2004, quando o real estava bem desvalorizado, na faixa de R$ 3,00 por dólar americano.

Importação

Fazendo a mesma análise na parte de exportação, vemos que também há uma forte correlação entre a quantidade de veículos exportados com o câmbio. No gráfico que segue houve uma inversão no eixo do câmbio, para facilitar a visualização. Notamos neste caso que há uma defasagem entre o câmbio desvalorizar e o aumento das exportações. Isso é natural, pois contratos de exportação demoram a ser fechados.

Exportação

A Volkswagen, General Motors, Renault, Ford e Fiat são as maiores exportadoras de veículos, representando 86% das exportações em 2012. Como se vê no gráfico abaixo a maioria dessas montadoras teve redução expressiva nas exportações.

Exportação

Atualmente, as exportações de veículos brasileiros está bem concentrada para a Argentina, visto ser um mercado de troca onde o Brasil exporta modelos não produzidos lá e importa outros que não são feitos aqui.

Levando em conta diversos fatores, permanece a dúvida em relação à meta de exportação de 1 milhão de veículos em 2017, especialmente por causa da volatilidade da moeda brasileira. Como se viu aqui, o câmbio é um fator importante para determinar a viabilidade das vendas externas, mas esse é um fator considerado pelos economistas como dos mais difíceis de se prever. Basta ver o Relatório Focus do Banco Central, onde analistas projetavam em abril deste ano que a taxa no fim do ano estaria em R$ 2,00 por dólar e o relatório desta semana indica R$ 2,30.

Comentários: 0
 

Comente este artigo

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*: