Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Inovação

Ver mais notícias
Brasil é o país menos preparado para receber carro autônomo

Tecnologia | 16/05/2019 | 17h1

Brasil é o país menos preparado para receber carro autônomo

Índice da KPMG aponta que País caiu para a última em ranking que verifica receptividade e prontidão para a tecnologia

REDAÇÃO AB

O Brasil é o país menos preparado para receber carro autônomo. Esta é uma das conclusões do Índice de Prontidão para o Uso de Veículos Autônomos 2019 da consultoria global KPMG. O estudo anual é baseado na verificação da prontidão e receptividade de 25 países a partir da dimensão e progresso econômico na adoção de veículos autônomos. Para isto, são avaliados quatro critérios: política e legislação; tecnologia e inovação; infraestrutura; e aceitação do consumidor.



- Faça aqui o download do estudo completo da KPMG (em inglês)
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



Segundo o índice, a situação do Brasil piorou em comparação com o ano anterior, caindo da 17ª para a 25ª posição do ranking, ocupando a última colocação do estudo.

“O desempenho brasileiro poderia ser impulsionado por novos programas de incentivo para veículos focados em eficiência, segurança e pesquisa. Fomos superados por Rússia, México e Índia” afirma Mauricio Endo, sócio-líder de governo e infraestrutura da KPMG no Brasil e na América Latina. “Caso o governo consiga dar os incentivos adequados e os fabricantes consigam colocar produtos com preços competitivos, o consumidor brasileiro tende a adotar novas tecnologias rapidamente”, completa.

Os resultados revelam que vários países estão fazendo rápidos progressos para um futuro com veículos autônomos e que há governos focados em estimular a modernização do transporte e assegurar que os carros e caminhões sem motoristas tragam benefícios significativos para as suas realidades.






Tags: Carro autônomo, Brasil, KPMG.

Veja também

ABTV

AB Inteligência