Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Inovação

Ver mais notícias
Toyota e Hino desenvolvem caminhão elétrico a célula de combustível
Projeto utiliza como base o Hino Profia. Trem de força recebe células de combustível do novo Toyota Mirai

Engenharia | 09/04/2020 | 14h10

Toyota e Hino desenvolvem caminhão elétrico a célula de combustível

Veículo com 25 toneladas de PBT terá autonomia aproximada de 600 quilômetros

REDAÇÃO AB

A Toyota e sua divisão de caminhões Hino Motors fecharam acordo para o desenvolvimento de caminhões elétricos a célula de combustível. O modelo utilizado neste projeto conjunto é baseado no Hino Profia. Tem 25 toneladas de Peso Bruto Total (PBT).

O trem de força utiliza um motor elétrico e duas células de combustível da Toyota, desenvolvidas recentemente para a nova geração do automóvel Mirai.

O caminhão recebe também uma bateria de íons de lítio e tecnologias para veículos híbridos pesados criadas pela Hino. Um novo tanque de hidrogênio de alta pressão está em desenvolvimento. A autonomia aproximada é de 600 quilômetros.

O chassi foi projetado para acomodar as células de combustível e recebeu modificações para redução de peso. Além da boa autonomia e capacidade de carga, Toyota e Hino buscam um caminhão que possa ser reabastecido rapidamente, uma característica importante para veículos comerciais.

A decisão da Toyota e da Hino em desenvolver o caminhão vem da necessidade de reduzir as emissões de gás carbônico. Veículos pesados representam 60% do CO2 lançado na atmosfera pela frota japonesa.



Tags: Toyota, Hino Motors, Profia, PBT, Mirai, célula de combustível, hidrogênio, motor elétrico, íons de lítio.

Veja também

ABTV

AB Inteligência