Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 05/05/2011 | 07h51

2012, melhor para exportação de manufaturado

Europa e EUA ajudarão a equilibrar economia global

Daniel Lima, Agência Brasil

Daniel Lima, Agência Brasil

Muito provavelmente em 2012 ficará muito mais fácil manipular a macroeconomia do país do que o ano de 2011, avaliou nesta quarta-feira, 4, o secretário de Política Econômica, do Ministério da Fazenda, Márcio Holland de Brito.

Segundo ele, a Europa e os Estados Unidos vão contribuir, a partir do ano que vem, em várias direções para equilibrar a economia mundial, com o aquecimento do consumo de produtos manufaturados e a redução da política expansionista, que têm inundado o Brasil de moeda estrangeira e pressionado para cima o real.

De acordo com o secretário, em 2011, tem ocorrido uma série de combinações de diversos fatores, que ainda provocam fortes efeitos à economia brasileira. Entre os fatores, estão o choque de preço das commodities no mercado internacional, os efeitos ainda presentes do enfraquecimento das economias mundiais e as exportações brasileiras de manufaturados, que sofrem ainda com a queda na renda dos consumidores dos Estados Unidos e da Europa.

Não adianta querer vender para os Estados Unidos e a Europa, se eles não estão crescendo. Não há milagre. Além disso, até junho o governo americano manterá a política monetária expansionista e severa, com grande aumento de liquidez no planeta. Não é [um ano] de crise, mas não é um ano qualquer”, disse. Segundo ele, este ano será de muitas adversidades, mas um ano de acomodação da economia. Um motivo para a acomodação é que o Banco Central Europeu, conforme analisou Holland, deverá elevar as taxas de juros como uma estratégia para captar recursos e financiar as dívidas dos países da região mais rapidamente do que nos Estados Unidos. Com isso, as taxas na região passarão a ficar mais atrativas do que no mercado brasileiro, provocando uma redução da pressão de fluxos de capitais para o país.



Tags: Ministério da Fazenda, Márcio de Brito, exportações, manufaturados, commodities.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência