Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Importados | 13/05/2011 | 20h00

Importação de veículos: Pimentel responde à Argentina

Ministro brasileiro defende “diálogo construtivo”

Luciene Cruz, Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Luciene Cruz, Agência Brasil

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou carta de agradecimento assinada pelo ministro Fernando Pimentel, enviada na sexta-feira, 13, à ministra da Indústria da Argentina, Débora Giorgi, em que menciona “o interesse e a disposição do Brasil em tratar os temas de interesse de ambas as partes”.

A carta é uma resposta à correspondência assinada pela ministra argentina (veja aqui ) e enviada ao governo brasileiro, em que ela manifestou a vontade de dialogar sobre temas bilaterais. No início da semana, as alfândegas brasileiras suspenderam a licença automática dos automóveis importados. Na prática, as operações de importação de veículos poderão levar até 60 dias para receber autorização de entrada.

Pimentel reforçou na carta enviada à Argentina que, “sobre os pontos levantados pelo governo brasileiro, entendo que é necessário iniciarmos um diálogo construtivo, conforme acordado durante nosso último encontro em Buenos Aires”. O encontro a que se refere o ministro ocorreu no início deste ano.

No documento, o ministro também se coloca à disposição da ministra argentina para que seja realizado um encontro em Brasília com “o objetivo de tratar dos temas referidos em nossas correspondências recentes”.

A medida adotada pelo Brasil é a mesma que a Argentina vem tomando com relação a diversos produtos brasileiros que ficam retidos nas alfândegas do país. Na quinta-feira, 12, Pimentel negou que a nova regra tenha sido adotada em retaliação às barreiras adotadas pelo vizinho para a entrada dos produtos brasileiros. No entanto, confirmou que o Brasil estava “monitorando” a entrada dos produtos.

Seguindo determinação da Organização Mundial do Comércio (OMC), a regra adotada tem de valer para todos os países. Com isso, a regra aplicada pelo Brasil atinge, além da Argentina, países como a Coreia e o México, que também exportam automóveis para o mercado brasileiro.



Tags: Importações, Exportações, Comércio Exterior, Licenciamento, Argentina, MDIC.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência