Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 28/05/2011 | 21h47

Argentina quer relação equilibrada com Brasil

País pretende incentivar reindustrialização, diz Giorgi.

Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Agência Telam

A ministra da Indústria, Débora Giorgi, afirmou que a Argentina busca estabelecer uma "relação equilibrada" no comércio bilateral com o Brasil, de maneira que permita a continuidade da "reindustrialização" da Argentina.

“O objetivo do próximo encontro será buscar uma relação comercial equilibrada que permita a continuidade da reindustrialização da Argentina, que é a única forma de ambos os países se beneficiarem", disse Débora Giorgi, em comunicado divulgado no sábado, 28.

A ministra qualificou de “muito positiva” a retomada do diálogo bilateral pautado entre ambos os países para a próxima quinta-feira em Brasília, e acrescentou que a Argentina já propôs a reindustrialização como ideia central para o benefício dos dois maiores sócios do Mercosul.

A reunião foi marcada pelo secretário de Indústria e Comércio de Argentina, Eduardo Bianchi, e o secretário executivo do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Alessandro Teixeira, para 2 de junho, em Brasília, onde retomarão as negociações.

Bianchi e Texeira se reuniram em Buenos Aires dias 23 e 24 de maio. Os secretários examinaram questões relacionadas ao comércio bilateral, com foco nos temas expostos pelos ministros de Indústria nas cartas que trocaram nas últimas semanas.



Tags: MDIC, balança comercial, Débora Giorgi, Alessandro Teixeira, Mercosul.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência