Automotive Business
  
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 29/05/2011 | 09h00

Paciência com a Argentina, pediu Miguel Jorge

Barreira aos carros argentinos é tiro de canhão, disse.

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB, com informações do Estadão

O Brasil precisa ter paciência na relação comercial com a Argentina, considerando sua grandiosidade em relação ao vizinho. “Somos para a Argentina, guardadas as proporções, o que a China é para o Brasil”, disse o ex-ministro do MDIC, Miguel Jorge, a Guilherme Soares Dias, da Agência Estado. Para ele, a barreira aos automóveis argentino é um ‘tiro de canhão’.

Jorge disse ao jornalista, ainda, que o Brasil precisa ser mais competitivo para concorrer com os produtos chineses, reduzindo a carga tributária e custos trabalhistas.

O secretário-executivo do MDIC, Alessandro Teixeira, volta a se reunir dia 2 de junho, em Brasília, com o secretário de Indústria da Argentina, Eduardo Bianchi, em nova tentativa de negociações sobre o conflito comercial, acentuado com o regime de licenças não automáticas para a importação de veículos.



Tags: MDIC, licenças não automáticas, carros, Miguel Jorge, Alessandro Teixeira.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência