Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Sustentabilidade | 08/06/2011 | 18h42

General Motors fará ‘demolição verde’

Montadora junta-se ao IPT para obra sustentável.

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A General Motors fez uma parceria com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) para uma desconstrução, nome dado a uma forma de demolição de 40 mil metros quadrados de edificações antigas, erguidas há mais de 60 anos em São Caetano do Sul. Seis prédios serão cuidadosamente desmontados e terão seus materiais reciclados ou reaproveitados na construção de um novo edifício.

A desmontagem dos prédios veio da necessidade da GM de melhorar o aproveitamento de espaços. A arquitetura antiga já não atendia a empresa. Segundo o diretor de engenharia de manufatura, Cláudio Eboli, quando uma demolição é feita nos padrões convencionais, o impacto no meio ambiente é significativo. “Para evitar isso, a GM firmou uma parceria com o IPT, a fim de garantir suporte técnico de profissionais especializados que realizarão análise detalhada dos materiais, planejamento da desconstrução, processo e definição de reuso dos materiais”, afirma o executivo.

Com duração prevista de 18 meses, entre desconstrução e reconstrução, o trabalho evitará que mais de 1,5 mil caminhões de entulho saiam da fábrica. O processo também economizará outros mil caminhões de terra para nivelamento do local.

Todo o resíduo será classificado. As madeiras serão pré-classificadas, certificadas e vendidas. Colunas e vigas passarão por processo de separação de materiais (concreto e metal). Em seguida serão moídas e utilizadas para aterro ou nas novas concretagens.

A área de 40 mil metros quadrados a ser reconstruída terá como base os padrões sustentáveis. Haverá redução de consumo de energia pelo uso de iluminação externa com LEDs, interna com uso combinado de LEDs, lâmpadas fluorescentes e iluminação natural, mais controles automatizados e sensores que permitem o desligamento automático da iluminação.



Tags: General Motors, GM, IPT, Cláudio Eboli, sustentáveis, LEDs.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência