Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 19/06/2011 | 18h55

Argentina suspende projeto de US$ 5,5 bi da Vale

Atividades na mina de Mendoza estão paralisadas.

Agência Estado

Marina Guimarães, Agência Estado

A companhia Vale foi notificada hoje sobre a decisão do governo da província argentina de Mendoza de suspender o projeto de US$ 5,5 bilhões no desenvolvimento da mina de potássio Rio Colorado. Em nota à imprensa, o escritório da Vale em Mendoza afirmou que "em estrito cumprimento da notificação recebida, a companhia está paralisando as atividades na mina até contar com a habilitação pertinente por parte do governo local".

Sobre a acusação do governo de que a companhia não respeitou um acordo sobre o cronograma de investimentos e contratação de pessoal local, a nota afirma que a empresa já realizou "sucessivas apresentações perante os distintos poderes públicos e institucionais locais para comprovar os compromissos assumidos" com o governo de Mendoza. No entanto, continuou a nota, "a empresa se compromete a apresentar toda a informação requerida e necessária para demonstrar o cumprimento do compromisso assumido mediante a assinatura da Ata Acordo relacionada ao Compre Mendocino e à contratação de mão de obra local".

Na nota, a Vale "torna pública sua permanente vontade de colaborar com as autoridades locais em favor do crescimento e desenvolvimento econômico e social da província, no marco das normas em vigor". A Secretaria de Meio Ambiente de Mendoza informou que a suspensão é temporária até que a empresa apresente os documentos solicitados.



Tags: Vale, Rio Colorado, Secretaria de Meio Ambiente de Mendoza, mineração.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência