Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 07/07/2011 | 08h20

Steinbruch confirma interesse na Usiminas

Participação da CSN depende da Camargo Corrêa e Votorantim.

Agência Estado

Francisco Carlos de Assis, Agência Estado

O presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Benjamin Steinbruch, disse na quarta-feira, 6, que a empresa tem todo interesse em comprar a fatia da Camargo Corrêa ou da Votorantim no capital da Usiminas se essas empresas decidirem se desfazer do negócio. "A Usiminas é uma boa empresa, mas comprar a participação depende do interesse da Camargo e da Votorantim de vender", disse o executivo na premiação Melhores e Maiores, da revista Exame.

Há alguns meses comenta-se, no mercado, que a Camargo Corrêa e a Votorantim, que fazem parte do bloco de controle da Usiminas, teriam a intenção de vender a participação na usina mineira. Em conjunto, recentemente, as duas empresas disseram que não existe proposta em aberto ou processo de venda em curso e que sabem do interesse da CSN de elevar o porcentual detido na Usiminas.

A CSN vem anunciando contínuas investidas para ampliar sua participação no capital da Usiminas. Há pouco tempo, a empresa divulgou que elevou a participação na usina mineira para 10,01% das ações ordinárias e 5,25% das preferenciais. Com esse avanço, o mercado passou a entender que, se continuar comprando ações em bolsa, a empresa comandada por Steinbruch poderia até ter direito a um a cadeira no conselho de administração da Usiminas. Perguntado sobre essa estratégia, Steinbruch disse que isso não interessa. "De que adianta isso? Temos interesse na Usiminas", frisou.

Conforme a Lei das S/A, um acionista precisa possuir pelo menos 15% do total de ações com direito a voto ou 10% das ações preferenciais para ter direito de eleger e destituir um membro e seu suplente do conselho de administração. Segundo informações do site da Usiminas, o Grupo Nippon detém 27,8% do capital votante da companhia, Camargo Corrêa e Votorantim, 26%, Previ, 10,4%, Fundo de Pensão Usiminas, 10,1% e o free float é de 25,7%. Após a mais recente divulgação da posição acionária da CSN na Usiminas, os acionistas da siderúrgica mineira que controlam a empresa renovaram o acordo de acionistas que vai até 2031.



Tags: CSN, Benjamin Steinbruch, Usiminas, Camargo Corrêa, Votorantim.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência