NOTÍCIAS
22/08/2011 | 14h12

Autopeças

Fiat quer atrair fornecedores a Pernambuco

O objetivo é que eles façam as entregas just in time, pois há espaço para isso


Natalia Gómez, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Natalia Gómez, AB

A Fiat pretende atrair parte de seus fornecedores de São Paulo e Minas Gerais para Pernambuco, onde instalará sua nova fábrica. Segundo o gerente de métodos de logística da montadora, Ricardo Takahashi, fornecedores deverão estar próximos da unidade, que fica a mais de 2 mil quilômetros de São Paulo e de Betim (MG), sua principal instalação. “Contamos com o apoio e colaboração dos fornecedores. Com o tempo, Pernambuco deve virar um centro automotivo importante para o Brasil”, afirmou durante o Simpósio SAE Brasil Tendências e Inovação na Indústria Automobilística, que ocorre nesta segunda-feira, 22, no WTC Sheraton, em São Paulo.

-Confira aqui a cobertura completa do Simpósio Tendências e Inovação na Indústria Automobilística


O objetivo é que os fornecedores possam fazer entregas just in time ou ter filiais dentro da montadora. O executivo disse que existe espaço disponível no terreno da nova fábrica para receber um centro de fornecedores e uma pista de provas, que hoje não existem em Betim por causa de restrições de espaço. “Vamos corrigir alguns problemas que hoje em Betim nos trazem custos maiores”, disse.

Hoje a montadora realiza provas em estradas públicas, o que gera custos elevados. Outro inconveniente é o uso da Rodovia Fernão Dias pelos fornecedores, que enfrentam problemas com congestionamentos. Até o momento ainda não há definição sobre os modelos que serão produzidos na fábrica de Pernambuco, segundo Takahashi. Ele destacou que a distância dos grandes centros levará a unidade a ter uma capacidade maior de estoque.

Além da proximidade com o porto de Suape, uma vantagem de investir na região Nordeste é seu crescimento acima da média nacional. Segundo o executivo, a unidade será uma estrutura nova “com o que há de mais moderno”, tornando-se uma referência em processo e logística no grupo.

A Fiat está operando perto da sua capacidade máxima de produção desde 2008. Recentemente, a crise internacional provocou um “suspiro” no mercado, mas a empresa permanece confiante. “Temos lançamentos previstos para este ano e 2012, apesar de o mercado ter dado o soluço que deu.” Na visão do gerente, um dos maiores desafios para a indústria automobilística nacional é aumentar sua competitividade para enfrentar a concorrência externa.

Takahashi destacou que a China é competitiva pelos processos inovadores de produção, que permitem custos menores. “Não é apenas a mão de obra que faz os chineses competitivos”, explica. Segundo ele, o setor não deve esperar iniciativas do governo para investir em competitividade, pois as medidas governamentais podem não chegar em curto prazo.

Foto: Ruy Hiza


Comentários: 1
 

ALCIDES COSTA
15/10/2012 | 21h47
QUANDO FOI IMPLANTADO A FABRICA DA FIAT EM BETIM; EU JA ACREDITAVA QUE O NORDESTE BRASILEIRO PRECISAVA DE UMA INDUSTRIA AUTOMOBILÍSTICA, MUITOS ANOS ATRAS EM JABOATÃO DOS GUARARAPES HAVIA FABRICA DE AUTOMÓVEIS,MAS INFELIZMENTE FALTOU A VISÃO EMPREENDEDORA NOS HOMENS DE OUTRORA,HOJE ESTÁ AÍ UMA REALIDADE BEM SUCEDIDA QUE É A FIAT NORDESTINA DANDO A OPORTUNIDADE DE CRESCIMENTO AO PAÍS COMO NUM TODO. COM A CHEGADA DESTA GRANDE EMPRESA E TANTAS OUTRAS QUE VIRÃO EM SEGUIDA,O BRASIL AVANÇA PARA SEU CRESCIMENTO ORDENADO GERANDO EMPREGO E RENDA AOS MILHARES DE TRABALHADORES BRASILEIROS E ESTRANGEIROS TAMBEM QUE ESTÃO UNIDOS PELO FATOR CRESCIMENTO COM RESPONSABILIDADE PLENA. EM NOME DA MINHA NAÇÃO NORDESTINA COMO POETA CANTADOR;QUERO PARABENIZAR A TODOS QUE CONTRIBUIRAM DE TODAS AS FORMAS PARA COM ESTE EMPREENDIMENTO QUE SERÁ MAIS UM GRANDE AVANÇO DO HOMEM PELO HOMEM. A NATUREZA AGRADECE TAMBEM. POETACIDINHO@HOTMAIL.COM CONTATO.11-22911256- 983856169.

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 22/02/2017
Com Duster e o novo Captur, francesa aproveita maré alta dos SUVs

Esta coluna é apoiada por:

DE CARRO POR AÍ | 24/02/2017
Nissan apresentará dia 15 sua picape mexicana no mercado brasileiro
AUTOINFORME | 22/02/2017
Carro tem a preferência sobre todos os outros modais
QUALIDADE | 13/02/2017
Indústria automotiva precisa começar a pensar na retomada
INOVAÇÃO | 13/02/2017
Precisamos de bons exemplos que marcaram a história pela capacidade de ousar e criar
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
O mundo está em transformação e é melhor ser parte da mudança do que esperar ela acontecer
DISTRIBUIÇÃO | 09/08/2016
Crise pode reduzir negócios no pós-venda ou ser oportunidade para manter clientes mais próximos
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes