Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Caminhões e Ônibus | 19/09/2011 | 12h39

Lições dos caminhoneiros que ilustram a realidade

Fenatran terá concurso sobre frases de para-choque

Redação AB

Redação AB

Em boa iniciativa, os organizadores da Fenatran promovem concurso para premiar os criadores das melhores frases de para-choque de caminhão. "Pise fundo nas idéias, solte sua criatividade na banguela e participe", propõe a Reed Alcantara. As frases escolhidas ganharão como prêmio um netbook, dvd player e câmara digital. Saiba mais em www.fenatran.com.br/parachoque.

Concursos do gênero surgem de tempos em tempos. Na década de 1980, quando ainda mantinha a fábrica em Duque de Caxias, RJ, a Iveco, herdeira da FNM e Fiat Diesel, mobilizou os caminhoneiros para descobrir as melhores frases de para-choque e deu como prêmio um caminhão leve Fiat 80. O prêmio foi para a frase "Plante que o João garante. Mas plante pouco que o João é louco". Era uma referência ao incentivo que fazia à agricultura o então presidente da República, João Figueiredo.

O jornalista Nirlando Beirão, um dos editores da revista Senhor (depois absorvida pela Isto É, da Editora Três) publicou, a propósito, artigo memorável baseando-se em algumas dezenas de frases selecionadas para retratar a realidade política, econômica e social do país.

O atual ambiente político, farto de trapalhadas, deve render boas propostas para a iniciativa da Fenatran. Vale apostar que Lula e a presidenta serão fortes candidatos a figurar na melhor frase desta vez.



Tags: Fenatran, Reed Alcantara, Iveco, Fiat Diesel, caminhões, frase de para-choque.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência