Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Caminhões e Ônibus | 23/10/2011 | 01h00

Scania lança linha global de motores na Fenatran

Novos propulsores têm 9 e 13 litros

Pedro Kutney, Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Pedro Kutney, AB

A linha 2012 Euro 5 de caminhões Scania traz mais novidades por dentro do que por fora, onde só as grades frontais passaram por leve reestilização. A fabricante aproveitou a oportunidade da nova legislação de emissões do Proconve P7, em vigor no Brasil a partir de janeiro próximo, para fazer o lançamento uma nova plataforma global de motores na Fenatran 2011, que acontece de 24 a 28 de outubro no Anhembi, em São Paulo. Os antigos propulsores de 9, 11 e 12 litros serão substituídos por apenas dois, um de 9 litros e cinco cilindros e outro de 13 e seis cilindros em linha, ambos fabricados também na planta brasileira de São Bernardo do Campo.

O novo portfólio de motores, acrescido do já conhecido V8 de 16 litros (este fabricado só na Suécia), será adotado pela Scania como base em todo o mundo, nas configurações de emissões Euro 3, Euro 4, Euro 5 e Euro 6, de acordo com as exigências de cada mercado. Todos os Euro 5 vão equipar os caminhões da marca sueca vendidos no Brasil – inclusive o V8 importado da Suécia, que com até 620 cavalos será o modelo mais potente já vendidos pela Scania no mercado brasileiro, conforme a empresa já havia adiantado em setembro passado (leia aqui).

Com as novas motorizações, segundo a empresa, a linha 2012 está de 8% a 15% mais cara, mas também está mais eficiente. Em média, os motores ganharam 5% de potência, 9% de torque e ficaram 7% mais econômicos.

Cabines P, G e R com novas potências



Aplicado somente à cabine P (para modelos semipesados), o motor 9,3 litros de cinco cilindros tem três versões de potência: 250 ou 310 cavalos a diesel e uma de 270 exclusiva a etanol (leia aqui), que roda com 95% de etanol e 5% de aditivo para funcionar em ciclo diesel.

Para substituir os motores de 11 e 12 litros, a Scania passará a usar só o de 13 litros configurados em cinco diferentes potências: 310, 360, 400, 440 e 480 cavalos, a mais baixa só para a cabine G e as outras tanto para a G como a R. O V8 tem duas configurações só para a cabine R, de 560 ou 620 cavalos.



Tags: Scania, motores, Euro 5, Proconve, P7, Fenatran, caminhões.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência