Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 16/11/2011 | 17h39

Metalúrgicos da Força terão até 12,1% de reajuste

Categoria se mobiliza agora por aviso prévio retroativo

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

Os metalúrgicos da Força Sindical no Estado de São Paulo terão aumento salarial de até 12,1%. O porcentual leva em conta o aumento garantido aos pisos, que terão reajuste correspondente à inflação dos últimos 12 meses medida pelo INPC (6,66%) mais aumento real entre 3,13% e 5,11%, conforme o grupo patronal.

Os demais salários serão corrigidos em 10%, correspondentes à inflação (6,66%) mais 3,13% de aumento real. A categoria receberá abonos salariais, entre 26% e 28%, a ser pagos entre dezembro e fevereiro, conforme o grupo patronal. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, Miguel Torres, falou sobre a dificuldade das negociações: “Expulsamos a crise mundial da nossa pauta.” Os acordos foram fechados com a maioria dos grupos, inclusive o 10, da Fiesp. Ainda faltam dois acordos, um deles com os reparadores de veículos, sob o comando do Sindirepa.

Nesta quinta-feira, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes irá protocolar nesta quinta-feira, 17, na Justiça do Trabalho, as primeiras 400 ações de cobrança do aviso prévio proporcional ao tempo trabalhado. As ações serão protocoladas no Fórum Trabalhista de São Paulo, na Avenida Marquês de São Vicente, 235, Barra Funda.

Desde o dia 13 de outubro, quando foi publicada a lei 12.506, do aviso prévio proporcional, o Sindicato já atendeu mais de 2 mil metalúrgicos demitidos interessados em entrar com processo para receber a diferença do valor do benefício. “À medida que formos finalizando as ações (individuais), iremos dando entrada na Justiça. Todos são casos de trabalhadores demitidos nos últimos 24 meses e que tinham mais de um ano de trabalho na empresa”, explica o presidente do sindicato, Miguel Torres.

De acordo com a nova lei, trabalhadores com mais de um ano de registro em carteira no mesmo emprego têm direito a três dias a mais de aviso por ano trabalhado. O aviso pode chegar a 90 dias.



Tags: Força Sindical, Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, Fórum Trabalhista de São Paulo, Miguel Torres.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência