Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 29/11/2011 | 17h30

Volvo prepara investimento para o Brasil

Novo pacote vai superar o atual

Giovanna Riato, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Giovanna Riato, AB
De Curitiba


A Volvo já planeja o pacote de investimentos para o próximo triênio, que vai superar os US$ 250 milhões do ciclo anterior. O novo programa deve ser anunciado no primeiro trimestre do próximo ano, quando a montadora já terá uma amostra do comportamento das vendas.

Este ano a montadora encerra os investimentos iniciados em 2009. Em 2011 o aporte foi distribuído em R$ 80 milhões para ampliar as instalações de pintura, R$ 15 milhões para a infraestrutura e R$ 25 milhões para nacionalizar o câmbio automatizado Ishift e o motor de 11 litros. Um adicional de R$ 50 milhões foi destinado à instalação de um depósito de peças.

Apesar da crise econômica internacional, que reduziu o crescimento do mercado no fim deste ano, a companhia comemora resultado recorde até outubro. Os emplacamentos de caminhões da marca aceleraram 31%, com alta de 23% na linha de pesados F e de 60% na de médios e semipesados VM. No mesmo período, o mercado nacional acelerou 16%. Mesmo sem o volume de antecipação das compras esperado para o fim do ano, por conta do Proconve P7, nova legislação de emissões para veículos a diesel, a empresa afirma ter obtido resultados positivos na Fenatran, feira dos transportes realizada em São Paulo.

“A receptividade do Euro 5 foi muito maior do que esperávamos. Brasileiro gosta de tecnologia e descobrimos que tínhamos mais medo do que o mercado”, analisa Bernardo Fedalto, gerente de vendas da linha F. Segundo ele, os clientes estão seguros em relação à legislação. Com isso, a companhia não prevê retração para o ano que vem mas estabilidade, com possibilidade de um crescimento pequeno.

Década de expansão

Roger Alm, presidente da companhia para o Brasil (foto), afirma que é importante ter uma estratégia pronta caso o abalo na economia internacional estremeça o mercado brasileiro. No entanto, não é essa a aposta do executivo. “Nossa perspectiva é muito positiva para o continente e principalmente para o Brasil. Esperamos uma década de crescimento”, acredita. A expectativa não é grande sem motivo. Recentemente o País conquistou o posto de primeiro mercado mundial da companhia para caminhões.



Tags: Volvo, investimento, caminhão, Bernardo Fedalto, Roger Alm.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência