Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 30/11/2011 | 17h20

Visteon pode vender negócios de interiores à YFV

Chinesa é joint venture da Visteon com a subsidiária da SAIC

Automotive Business

Automotive Business

A Visteon assinou nesta quarta-feira, 30, memorando de entendimento que pode levar à venda de seus negócios na área de interiores para veículos, em nível global, para a Yanfeng Visteon Automotive Trim Systems, a YFV. A empresa chinesa é uma joint venture da própria Visteon com a Huayu Automotive Systems (Hasco).

A assessoria de imprensa da companhia norte-americana no Brasil explicou que o acordo é preliminar e estabelece as condições básicas que levariam à transação proposta, que pode ou não chegar a bom termo. Acordos definitivos sobre a proposta de venda, sujeitos a aprovações regulatórias, estão previstos para o início de 2012.

O negócio estenderia a parceria estratégia existente entre a Visteon e a Hasco, ampliando a capacidade de engenharia e manufatura global da YFV, e resultaria em uma empresa global líder de interiores, com faturamento anual estimado em US$ 4 bilhões, atendendo mais de 30 clientes em mais de 60 unidades de 16 países.

QUEM É A YFV

A Yanfeng Visteon Automotive Trim Systems é uma joint venture entre a Visteon Corporation e o grupo de componentes automotivos da Shanghai Automotive Industry Corporation, a Huayu Automotive Systems. A empresa desenvolve e fabrica sistemas de interiores, exteriores, bancos, eletrônica e segurança para montadoras de veículos na China e no exterior. Com sede em Xangai, a YFV emprega 29 mil funcionários em mais de 87 unidades na China e outros países.



Tags: Visteon, YFV, Hasco, SAIC, componentes automotivos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência