Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 06/12/2011 | 19h16

Vendas de implementos rodoviários avançarão 7,5% em 2011

Simefre tem expectativa mais otimista do que a Anfir

Giovanna Riato, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Informações atualizadas no dia 9/12, às 16h10

Giovanna Riato, AB

O Simefre, sindicato da indústria de equipamentos ferroviários e rodoviários, divulgou na terça-feira, 6, as projeções para o encerramento deste ano. A entidade avalia que o setor de implementos rodoviários teve desempenho excelente e deve encerrar 2011 com crescimento de 7,5% nas vendas na comparação com 2010, com 183 mil unidades.

A previsão é de que a indústria fature R$ 7,5 bilhões, considerando equipamentos completos e peças. O sindicato estima ainda que serão comercializadas 57 mil unidades da linha pesada e 126 mil da linha leve. As exportações devem crescer quase 12%, para 5 mil implementos.

A projeção é bem mais otimista do que a da Anfir, associação que reúne os fabricantes de implementos rodoviários, que trabalha com a possibilidade de retração nas vendas. Ao contrário do que foi divulgado anteriormente por Automotive Business, a entidade contabiliza os mesmos equipamentos que o Simefre: reboques, semirreboques e carroçarias sobre chassis. A associação alerta para redução significativa no ritmo de expansão dos negócios desde abril, quando entraram em vigor novas regras para o Finame.

Cesar Pissetti, vice-presidente do sindicato, enumera a alta do preço das commodities agrícolas, o aquecimento do mercado de construção, a disponibilidade de crédito e a isenção do IPI para o setor como fatores que contribuíram para o bom desempenho. Entre os desafios que os fabricantes de implementos enfrentaram durante o ano estão a tendência de desaceleração no consumo, a crise na Europa e a queda na competitividade da indústria nacional.

“As perspectivas para o próximo ano também são positivas”, adianta Pissetti. Segundo ele, as vendas terão aceleração de 5,4%, para 193 mil implementos. As exportações devem repetir o desempenho deste ano, com estabilidade em cerca de 5 mil unidades enquanto o faturamento do setor tem potencial para crescer 5,3% e chegar a R$ 7,9 bilhões.



Tags: implementos rodoviários, Simefre, Anfir, venda, reboque, semirreboque, carroceria.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência