Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Caminhões e Ônibus | 07/12/2011 | 20h38

Com Euro 5, vendas de caminhões tendem a cair 10% em 2012

Anfavea sugere medidas para minimizar desaceleração

Giovanna Riato, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Giovanna Riato, AB

A Anfavea, associação dos fabricantes de veículos, espera que as vendas de caminhões desacelerem 10% no próximo ano, com o início do Proconve P7, também conhecido como Euro 5, nova etapa da legislação de emissões para veículos com motor a diesel. A entidade acredita que a queda possa ser suavizada com a adoção de medidas para impulsionar as vendas do segmento.

-Clique aqui para fazer download dos dados da Anfavea

A principal delas seria o Finame Verde, linha com condições especiais para a aquisição de caminhões que atendam à legislação. “A ideia é que o cliente pague uma parcela semelhante a que ele pagaria ao adquirir um modelo antigo”, conta Marco Saltini, vice-presidente da associação. Com isso, as empresas minimizariam o impacto dos preços até 15% maiores dos veículos novos.

Desempenho em 2011

As vendas de caminhões chegaram a 157,2 mil unidades nos 11 meses do ano, com expansão de 12,1% sobre o mesmo período de 2010. Em novembro foram licenciados 13,4 mil veículos, com desaceleração de 3,2% em relação ao mês anterior e de 7,7% no reajuste anual. A queda surpreendeu as montadoras, que esperavam antecipação das compras no último trimestre do ano, antes do início do Proconve P7. “Os clientes ficaram apreensivos com a crise na Europa e decidiram esperar”, analisa Saltini.

A produção do setor cresceu em ritmo maior e chegou a 19,2 mil caminhões em novembro, com retração de 1,6% na comparação com outubro e alta de 10,9% sobre o mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano foram fabricados 197,9 mil veículos do segmento, com crescimento de 13,5%. Desse total, 24,7 mil unidades foram exportadas. O volume representa avanço de 27,6% no reajuste anual.

Crescimento das marcas

A Volvo anotou a maior expansão nas vendas entre as fabricantes do setor e ganhou uma posição para ficar em quarto lugar no ranking de vendas, com 10,9% de market share. Os emplacamentos de veículos da companhia aceleraram 29,9% entre janeiro e novembro, para 17,2 mil unidades. A maior expansão foi registrada na linha de semipesados VM, que avançou 54% no mercado.

Já a outra fabricante de origem sueca, Scania, é a que mais perdeu espaço ao longo do ano e entregou quase 2 pontos porcentuais de participação, para ficar com 7,6% do mercado. Os licenciamentos da marca caíram 11%, para 12 mil veículos e a empresa desceu do 4º para o 6º lugar no ranking.

A MAN, que produz os caminhões Volkswagen, ampliou o market share em 0,7 p.p. e consolidou-se como líder com 46,5 mil unidades. Atrás dela está a Mercedes-Benz, que respondeu por 24,6% das vendas até novembro, mas perdeu 1,6 ponto e comercializou 38,8 mil caminhões. A Ford ficou com o terceiro lugar, com leve queda na participação, para 17,5%

A Iveco, que subiu da sexta para a quinta colocação no ranking, abocanhou uma parcela de 0,9 ponto e passou a deter 8,3% das vendas. Entre janeiro e novembro foram emplacados 13 mil veículos da marca, com aumento de 25,5% sobre os volumes comercializados há um ano.

Assista à entrevista exclusiva com Marco Saltini, vice-presidente da Anfavea:



Tags: caminhão, Anfavea, Euro 5, Proconve P7, Volvo, Scania, Mercedes-Benz, MAN, Volkswagen, Ford, Iveco.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência