Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Caminhões e Ônibus | 16/12/2011 | 19h46

Volvo vende 143 caminhões para Supricel

Veículos foram comercializados em parceria com Grupo Auto Sueco

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A Volvo comemora a venda de 143 caminhões para a Supricel Logística. Os veículos da Linha F foram comercializados em parceria com a concessionária Auto Sueco São Paulo, que ficará responsável por oferecer o pacote de atendimento pós-venda. Os pesados vão operar em todo o País no transporte de carga seca, sider e prancha.

Com o contrato, a Volvo acelera ainda mais o crescimento no País. Em 2011 a companhia saltou uma posição e passou para o quarto lugar no ranking de vendas de caminhões, com 10,9% de participação no mercado. Os emplacamentos da marca cresceram 29,9% entre janeiro e novembro, para 17,2 mil unidades. A linha de semipesados VM foi a maior responsável pelo avanço, com alta de 54% nas vendas.

Volvo Powertrain

A Volvo comemora ainda 10 anos de atuação da divisão de Powertrain no Brasil, responsável pelo desenvolvimento e produção de motores e caixas de câmbio. A planta nacional, que começou vinculada à matriz sueca, hoje é independente e atua como player global. A empresa conta com cerca de 100 profissionais no País.

No início do mês a divisão iniciou a produção das caixas de câmbio automatizadas I-shift, que até então eram importadas. A unidade local é a primeira fora da Europa a fabricar o componente. O projeto recebeu investimento de R$ 25 milhões que incluiu ainda a nacionalização da linha de motores 11 litros.



Tags: Volvo, Supricel Logística, caminhão, powertrain, venda.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência