Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 06/01/2012 | 13h51

Volkswagen: carros de passeio têm alta mundial de 13,1%

Montadora vendeu 5,1 milhões em 2011

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A VW fechou 2011 com alta de 13,1% nas vendas de seus carros de passeio, atingindo recorde de 5,1 milhões de unidades em todo o mundo, ante 4,5 milhões em 2010. “A Volkswagen obteve ganhos importantes graças a uma nova gama de modelos”, disse nesta sexta-feira, 6, o membro do conselho do grupo VW para vendas, Christian Klinger. Na América do Sul, porém, o crescimento foi bem menos expressivo, 2,2%, com 772,8 mil veículos (no Brasil, a empresa perdeu em volume de vendas e participação de mercado, veja aqui).

Segundo a montadora, seus carros de passeio registraram altas maiores em locais que ela mesma define como de “crescimento estratégico”. Pela primeira vez, mais de 1,72 milhão de veículos foram entregues na China em 2011, acréscimo de 13,8% na comparação com 2010. Nos Estados Unidos a empresa atingiu 324,4 mil unidades, alta de 26,3%. Na Rússia, 118 mil carros foram vendidos, aumento de 100,4%. O crescimento porcentual foi significativo na Índia, onde a VW vendeu 76,1 mil carros de passeio, alta de 151%.

Na região da Ásia-Pacífico a VW vendeu 1,93 milhão de unidades, crescimento de 16,6%. Na América do Norte, as entregas atingiram 496,7 mil carros, alta de 22,2%. Na Europa as vendas somaram 1,72 milhão de veículos e a marca cresceu 11,2%, bem mais que o mercado como um todo, que teve alta de 3,6%.



Tags: Volkswagen, VW, Christian Klinger, América do Sul, Brasil, China, Rússia, crescimento estratégico, Ásia-Pacífico, Europa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência