Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Transportes | 01/02/2012 | 12h28

Transporte de carga tem defasagem de 11,95% em 2011

NTC Logística pede equilíbrio entre custos e receita

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

Dados divulgados nesta quarta-feira, 1º, pela Associação Nacional do Transporte de Carga e Logística, NTC & Logística, apontam que o frete cobrado em 2011 para o transporte rodoviário de carga apresentou defasagem de 11,95%, ou seja, a cobrança do serviço ficou abaixo dos custos, segundo pesquisa realizada pelo Departamento de Custos Operacionais, Estudos Técnicos e Econômicos (Decope) da entidade.

Em nota, a NTC informou que 2011 foi um ano instável para o transporte rodoviário de carga e que a evolução do setor não foi suficiente para recompor os fretes praticados.

A pesquisa também mostrou que algumas empresas transportadoras abrem mão de componentes tarifários, como o Gris, custo referente ao gerenciamento de risco obtido por meio de um porcentual aplicado sobre o valor da tonelada da mercadoria transportada, e do Frete-Valor. A NTC & Logística alerta para a necessidade de atualização dos valores tarifários: “É necessário regular as tarifas para assegurar lucros que possibilitem os indispensáveis investimentos. Sem isso, será muito difícil enfrentar os desafios atuais e futuros.”

Além do gargalo para equilibrar custos de operação e receita, a entidade aponta outros desafios para o setor, como a necessidade de atrair mão de obra: estima-se que o transporte rodoviário de carga no País necessite de 120 mil pessoas por ano para assumir a função de motorista; renovação da frota, hoje com idade média de 19 anos, atendimento das restrições impostas à circulação de caminhões em centros urbanos e rodovias e o cumprimento das novas exigências ambientais do Proconve 7.

“O setor rodoviário de carga tem um papel importante e deve contribuir para que o transporte não se transforme em obstáculo para o crescimento do País”, conclui a NTC em nota.



Tags: NTC, logística, transporte rodoviário, carga, GRIS, DECOPE, frete.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência