Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 10/02/2012 | 09h42

Petrobras Argentina tem prejuízo no 4º trimestre de 2011

No acumulado do ano, porém, houve lucro de 704 milhões de pesos

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A Petrobras Argentina registrou perdas de 88 milhões de pesos (US$ 20 milhões) no quarto trimestre de 2011, ante um lucro de 60 milhões de pesos no mesmo período de 2010. As informações são da Dow Jones. A companhia atribuiu o prejuízo à elevação dos gastos com normas ambientais e à reavaliação do patrimônio da empresa em outros países.

No acumulado do ano, porém, a Petrobras Argentina viu o lucro em 2011 alcançar 704 milhões de pesos, ante 610 milhões de pesos em 2010, alta de 15,4%.

INCENTIVOS FISCAIS A PETROLEIRAS ESTÃO SUSPENSOS No início de fevereiro, o governo da Argentina suspendeu seus programas Petróleo Plus e Refino Plus, que visavam a encorajar novos investimentos em exploração, produção e refino de hidrocarbonetos.

A medida afeta a brasileira Petrobras e outras companhias do setor, como Enap Sipetrol, Esso, Pan American Energy, Pluspetrol, Sinopec, Total e YPF. Segundo a Dow Jones, a suspensão dos programas deve gerar economia de 2 bilhões de pesos argentinos por ano (cerca de US$ 461 milhões) ao governo, com a interrupção do fornecimento de incentivos fiscais às companhias.

A decisão, segundo o Ministério do Planejamento argentino, é baseada em mudanças nas condições de mercado dentro das quais esses programas foram criados, em 2008. Desde aquele ano o preço do barril de petróleo subiu de US$ 35 para US$ 75.

Outra razão para a suspensão do programa é que seus objetivos já teriam sido atingidos, com o avançado de alguns e conclusão de outros. Desde 2008, a Argentina forneceu quase 10 bilhões de pesos em incentivos fiscais para as petroleiras.



Tags: Petrobras Argentina, Petróleo Plus, Refino Plus, Enap Sipetrol, Esso, Pan American Energy, Pluspetrol, Sinopec, Total, YPF.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência