Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Marketing e Lançamentos | 03/04/2012 | 04h00

Kia Optima começa em R$ 96.900

Sedã compete com Ford Fusion e Hyundai Sonata

Mário Curcio, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Mário Curcio

Já está à venda nas concessionárias Kia o sedã Optima. O modelo tem preço sugerido de R$ 96,9 mil na versão de entrada e vai a R$ 105,9 mil quando equipado com teto solar panorâmico, chave smart key e faróis de xênon. “Conseguimos um preço bem competitivo. É um veículo que faltava entre os sedãs Cerato e Cadenza com a saída do Magentis”, afirma o presidente da Kia no Brasil, José Luiz Gandini. O importador prevê que 40% dos carros sejam da versão mais completa.

Com desenho bem resolvido e atraente de qualquer ângulo que se olhe, o Optima chega para dar trabalho a concorrentes como Ford Fusion e Hyundai Sonata. “Queremos vender 3,2 mil unidades até o fim do ano, o que dá pouco mais de 350 carros por mês”, afirma o diretor de vendas, Ary Jorge Ribeiro. O Optima traz um motor 2.4 de quatro cilindros, 16 válvulas e 180 cv. O câmbio automático tem seis velocidades e aletas atrás do volante para as trocas de marcha, detalhes que combina com o apelo esportivo do modelo.

“O público-alvo do carro são executivos, empresários e profissionais liberais com mais de 40 anos, casados e com filhos”, afirma Ribeiro, que revela um dado importante a respeito dos sedãs grandes: “De 2010 para 2011 suas vendas tiveram alta de 62,5% e em 2012 devem crescer apenas 2,5% porque são todos importados”, diz Ribeiro.

Ribeiro e Gandini queixaram-se dos 30 pontos porcentuais sobre os importados sem fábrica no Brasil: “Não tínhamos estoques quando a medida foi anunciada. Fomos os primeiros a reajustar os preços, em 8%, e vimos nossas vendas caírem em 50% no primeiro bimestre”, lamenta Gandini. No momento atual, marcado pelo abastecimento da rede com este e outros produtos (como o Sportage flex), Ary Jorge Ribeiro fala em vendas “quase regularizadas”. Ele projeta para 2012 um total de 60 mil a 65 mil Kias vendidos no Brasil.

UM CARRO MUITO COMPETITIVO

O Kia Optima tem desde a versão de entrada itens como ar-condicionado com duas zonas distintas de temperatura e saídas para a parte traseira, assento do motorista com ajustes elétricos e memória, câmera de ré, revestimento de couro e controles no volante. Chama a atenção o desenho do painel, cujas linhas foram deslocadas em 10 graus em direção ao motorista para melhorar a leitura e disposição de todos os instrumentos.

Numa ação nada comum, a Kia levou à apresentação do Optima vários sedãs. Além dos já citados Fusion e Sonata, dividiam o auditório com o novo Kia os modelos VW Passat, BMW 320i e Mercedes-Benz C180. “Levaremos estes carros para que nossos concessionários também os conheçam. Nem sempre eles estão próximos ou têm uma relação amigável com a concorrência”, afirma Gandini.

Kia
Desenho do novo Optima é bem resolvido e atraente por todos os ângulos. Painel teve linhas deslocadas em direção ao motorista para facilitar acesso a cada instrumento. Kia quer vender 3,2 mil unidades até o fim do ano e o modelo vai concorrer com Hyundai Sonata e Ford Fusion.



Tags: Kia, Optima, Hyundai, Sonata, Ford, Fusion, Ary Jorge Ribeiro, José Luiz Gandini.

Comentários

  • Renato Andrino

    O Kia Optima que veio ao Brasil, tive a oportunidade de fazer um test drive e o carro e magnifico, porém o principal que o motor e fraco (180 cv), devido ao peso do carro. Nos EUA tive a oportunidade de fazer um test drive no Kia Optima SX Turbo de 274 cv, este sim e uma carro esplendoroso. Se vier para o Brasil serei um dos primeiros a comprar. Quase fechei o negocio de compra do Optima a vista com a Kia aqui em Brasília, mas depois que fui aos EUA e vi o modelo turbo este que esta aqui virou fusquinha. Vamos aguardar!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência