Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Política e Legislação | 04/04/2012 | 13h26

Comércio exterior também ganha medidas de incentivo

Governo amplia crédito e facilita financiamentos

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

Entre as medidas anunciadas na terça-feira, 3, para impulsionar a indústria (leia aqui) o governo instituiu a ampliação do financiamento e do crédito às empresas exportadoras nacionais como objetivo de aumentar e diversificar a oferta de produtos vendidos ao mercado externo.

De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), os recursos destinados ao financiamento do comércio exterior serão quase triplicados, passando de R$ 1,2 bilhão para R$ 3,1 bilhões e serão distribuídos para o Programa de Financiamento à Exportação (Proex) e para o Fundo de Fomento à Exportação (FFEX), criado dentro do Plano Brasil Maior, para financiar as vendas externas de micro, pequenas e médias empresas com faturamento bruto anual de até R$ 90 milhões.

A ampliação dos valores será dividida da seguinte maneira: os recursos para o Proex-Financiamentos passarão de R$ 800 milhões para R$ 1,6 bilhão e o Proex-Equalização, mecanismo pelo qual o Tesouro Nacional compensa os juros baixos oferecidos na linha de crédito, passará de R$ 445 milhões para R$ 1 bilhão. O FFEX receberá R$ 500 milhões.

Além da ampliação dos recursos, o governo implantou medidas para desburocratizar o acesso à linha do Proex, que permitirão que o próprio exportador apresente garantias para o valor financiado, eliminando a necessidade de carta de crédito bancário para operações de até US$ 50 mil feitas por empresas com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões. As operações de financiamento de até US$ 20 milhões passarão a ser automáticas e não terão mais necessidade de serem aprovadas pelo Comitê de Financiamento e Garantia das Exportações (COFIG), que integra a Câmara de Comércio Exterior (Camex). O prazo de equalização foi ampliado de 10 para 15 anos e o porcentual máximo equalizável passa de 85% para 100% do valor financiado.

O Fundo de Garantia à Exportação (FGE) terá ampliação da alçada de aprovação da Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda, de US$ 5 milhões para US$ 20 milhões.

Também serão ampliadas as definições para que uma empresa seja considerada exportadora, o que lhe permite o não pagamento de IPI e Cofins na compra de insumos. Atualmente, uma empresa eminentemente exportadora é aquela que exporta 60% dos produtos, no caso de setores intensivos em trabalho, e 70% dos produtos, nos demais casos. Agora todas as empresas que vendam 50% de seus produtos para o mercado externo serão reconhecidas como empresas preponderantemente exportadoras.

Para concentrar os processos de concessão das garantias, o governo criará a Agência Brasileira de Garantias (ABGF), o Fundo Garantidor de Infraestrutura e o Fundo Garantidor do Comércio Exterior a partir da junção de recursos de vários fundos garantidores que operam atualmente. Para as novas frentes, o total de recursos disponíveis poderá atingir até R$ 25 bilhões. Eles terão a responsabilidade de administrar os fundos e concentrar o processo de concessão das garantias com maior eficiência, menor tempo de análise e redução da necessidade de recursos do Tesouro Nacional, conforme preveem os objetivos instituídos pela medida.



Tags: Comércio exterior, exportações, crédito, financiamento, MDIC.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência