Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 17/04/2012 | 12h36

Tupy conclui compra de duas fundições do México

Investimentos totalizaram US$ 439 milhões

REDAÇÃO AB

A Tupy anunciou a conclusão do processo de aquisição de duas fundições do México, Cifunsa Diesel e Technocast, localizadas nas cidades de Ramos Arizpe e Saltillo, que eram controladas pelo Grupo Industrial Saltillo (GIS). A transação foi concluída na segunda-feira, 16, quando a soma de US$ 439 milhões foi paga em contrapartida à transferência das ações de emissão das sociedades titulares das empresas. O pagamento ainda será submetido à ratificação da assembleia geral de acionistas da Tupy.

A aquisição das duas fundições pela Tupy foi anunciada em novembro de 2011 (leia aqui). A Technocast tinha como sócia minoritária (33%) uma empresa subsidiária da norte-americana Caterpillar, que também vendeu sua participação.

As duas empresas produzem blocos e cabeçotes de ferro fundido utilizados na fabricação de motores para veículos de passeio e comerciais, máquinas agrícolas e de construção e motores estacionários. Quando anunciou a compra no ano passado, a Tupy informou que o objetivo era internacionalizar sua atuação e tornar-se a maior fabricante de blocos e cabeçotes de ferro fundido do mundo, além de aproximar-se dos clientes do setor automotivo baseados na América do Norte.

Nos últimos três anos, a empresa investiu R$ 500 milhões em fundição, usinagem e melhorias ambientais em suas plantas brasileiras localizadas em Joinville (SC) e em Mauá, na região do ABC Paulista. Um dos principais investimentos é a nova fundição de blocos e cabeçotes em Joinville, que vai custar mais de R$ 50 milhões e estará em pleno funcionamento até dezembro de 2012. Na América do Sul a Tupy fornece para fabricantes de componentes, de motores e para a maioria das montadoras instaladas no País.



Tags: Tupy, fundição, blocos, cabeçotes de ferro, motores, Grupo Industrial Saltillo, Cifunsa Diesel, Technocast.

Comentários

  • jenilson ferreira da silva

    oi tudo bem , gostaria de saber se essa compra pode afetar a tupy de maua. pois mediante a grise e diferente tachas de impostos , prevalece aquele que for mais em conta

  • Marcelo teixeira

    Dando minha opiniao: com essas açoes da tupy, eu como brasileiro sinto-me representado pela tupy, que faz e sempre fez fundiçoes perfeita em bloco de varias empresas como a mwm e outros, eu sou aum grande adimirador do trabalho de cada um de voces e se a vida me permiti eu ainda trabalharei com voces!

  • Jack Sparrow

    grise e tachas... tá bom então. Trabalhar na Tupy... que a vida não te magoe desse jeito né amigo "adimirador". hahaha

  • WILTER

    Sou inspetor de Qualidade de Blocos da Tupy em empresa prestadora de serviço; pela primeira vez vejo uma empresa que realmente faz seus produtos com uma excelente qualidade

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência