Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
A revolução da indústria automotiva até 2020

Tecnologia | 11/05/2012 | 15h55

A revolução da indústria automotiva até 2020

Série de artigos analisa os rumos da tecnologia veicular até o fim da década

RICARDO COUTO, DO CARSALE

O preço elevado do petróleo no mercado internacional, o grave problema da poluição e dos congestionamentos nas grandes metrópoles têm levado os fabricantes globais de veículos a desenvolver carros cada vez mais limpos e eficientes na Ásia, Europa e Estados Unidos. Enquanto não viabilizam comercialmente os modelos puramente elétricos, esses grupos direcionam seus departamentos de engenharia para o aprimoramento de motores convencionais e de veículos híbridos, buscando extrair menor consumo e baixo nível de emissões, sem perda de desempenho.

De 2007 (no início da crise financeira mundial) para cá, montadoras sediadas nos chamados países do Primeiro Mundo têm dirigido as suas atenções para novas tecnologias e novos projetos de veículos verdes, buscando como meta obter o melhor rendimento energético de seus produtos.

A era dos veículos com motor à combustão estaria com os dias contados? O que deverá acontecer com os carros híbridos e elétricos no mundo: será que vão emplacar logo no mercado? E os carros movidos com célula de combustível a hidrogênio e os autoguiados, ainda estão muito longe de se tornar uma realidade? Conseguirão os fabricantes atingir a meta de 50 km/litro ou zero de emissões?

SÉRIE ESPECIAL DE ARTIGOS

Essas e outras questões, como o novo regime automotivo que pretende estimular a pesquisa e inovação no Brasil, são temas da série especial de oito artigos sobre tecnologia que o jornalista Ricardo Couto, gerente de conteúdo do Carsale, preparou para os leitores do site. A partir da segunda-feira, 14, a série passa a ser republicada também aqui no Portal Automotive Business, com uma reportagem por dia.

As duas primeiras reportagens da série serão sobre a evolução dos veículos convencionais a combustão a partir da virada de 2010. As três seguintes abordarão a promessa dos carros híbridos, elétricos e com célula de combustível a hidrogênio. A sexta tratará dos carros autônomos ou autoguiados do futuro.

Fechando a série, nos dois últimos artigos especialistas analisam o estágio tecnológico em que se encontra o Brasil e o que podemos esperar em inovações com a chegada do novo regime automotivo brasileiro. Em todas as reportagens, o objetivo é tentar traçar um panorama do que poderemos ver pelas ruas nos próximos anos, até 2020.

Este texto foi publicado originalmente no Carsale.



Tags: Tecnologia, tendências, artigo, indústria automotiva, Carsale, Ricardo Couto.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV