Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Autos e comerciais leves salvam quinzena

Mercado | 17/05/2012 | 20h34

Autos e comerciais leves salvam quinzena

Alta geral é 8,5%; caminhões e ônibus caem 13,4%

MÁRIO CURCIO, AB

Os emplacamentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus da primeira quinzena de maio atingiram 153.798 unidades, alta de 8,5% na comparação com igual período de abril deste ano e de 3,3% ante a primeira metade de maio do ano passado. A média diária de emplacamentos na quinzena foi de quase 14 mil unidades, ante 12,9 mil na primeira metade de abril e 13,5 mil veículos do início de maio de 2011.

O crescimento do período foi sustentado pelos automóveis e comerciais leves, que somaram 147.281 unidades, 9,7% a mais que na primeira quinzena de abril e 5,3% em relação à primeira metade de maio de 2011. A General Motors teve 31.956 autos e comerciais leves emplacados, ante 31.199 da Fiat e 28.829 da Volkswagen.

Os caminhões e ônibus somaram nesta primeira metade do mês 6.517 unidades, queda de 13,4% em relação à primeira metade de abril e de expressivos 28,1% na comparação com o início de maio do ano passado. Nestes dois segmentos, as mudanças provocadas no mercado em razão da entrada em vigor do Proconve P7 continuam gerando reflexos negativos em produção e vendas.

DESEMPENHO POR SETOR

Olhando os setores individualmente, o maior crescimento na quinzena foi dos automóveis, que alcançaram 113.656 unidades, com alta de 9,8% ante a primeira metade de abril e de 5,9% em relação ao início de maio do ano passado. Os comerciais leves atingiram nesta quinzena 33.625 unidades, crescimento de 9,5% em relação ao início de abril e de 3,5% ante a primeira metade de maio de 2011.

Os caminhões atingiram 5.374 unidades na quinzena, queda de 12,5% na comparação com a primeira metade de abril e de 30,2% ante a primeira quinzena de maio do ano passado. Os ônibus totalizaram 1.143 unidades neste início de maio, com queda de 17,4% ante a primeira quinzena de abril e de 16% na comparação com a primeira metade de maio de 2011.

A motocicletas tiveram 76.129 unidades emplacadas, revelando alta de 1,67% ante a primeira metade de abril, mas com importante queda de 11,1% em relação à primeira metade de maio do ano passado. O setor vem sendo afetado por medidas de restrição ao crédito. Fatores ligados à comprovação de renda e à dificuldade por parte das financeiras de retomar o bem dos inadimplentes são citados como inibidores do crediário no segmento de duas rodas.



Tags: Automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, General Motors, Fiat, Volkswagen, emplacamentos, quinzena, maio, abril, motocicletas, Proconve P7.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência