Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 25/05/2012 | 13h00

Toyota planeja vender mais subcompactos

Montadora visa a emergentes como Brasil

REDAÇÃO AB

A Toyota Motor, maior montadora do Japão em volume, pretende aumentar acentuadamente suas vendas nos mercados emergentes, entre eles o Brasil, segundo informações da agência Dow Jones. A estratégia é lançar modelos subcompactos, à medida que a concorrência com rivais globais se intensifica nos países de rápido crescimento.

A Toyota planeja vender mais de 1 milhão de subcompactos em cerca de 100 países e regiões, como a China, Sudeste Asiático, Índia e Brasil em 2015. A montadora terá oito modelos subcompactos disponíveis até aquele ano, incluindo o Etios lançado recentemente.

As vendas do Etios, primeiro modelo subcompacto da Toyota destinado a mercados emergentes, atingiram 100 mil veículos desde o seu lançamento em dezembro de 2010, na Índia.

A Toyota fabricará os novos modelos subcompactos em unidades localizadas nos mercados emergentes, com parte desta produção sendo destinada às exportações. A montadora também está olhando para os preços relativamente baixos de cerca de 1 milhão de ienes, ou mais, para os oito modelos, e planeja adquirir 100% das peças localmente para ser mais competitiva em custos.

A montadora pretende elevar sua capacidade de produção anual no Brasil, Índia e outros mercados emergentes para 3,1 milhões de veículos - volume quase similar ao produzido atualmente no Japão - até 2013. A montadora tinha uma capacidade de produção de 2,38 milhões de veículos em mercados emergentes no passado.



Tags: Toyota, Etios, mercados emergentes, Brasil, Índia, China, vendas, subcompactos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência