Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Comerciais | 29/05/2012 | 12h11

Em cerimônia na China, Sinotruk confirma construção de planta brasileira

Obras começam em julho na cidade de Lages (SC)

REDAÇÃO AB

A Sinotruk realizou cerimônia em sua fábrica chinesa de Jinan para confirmar o início da construção da planta brasileira. A solenidade contou com a presença de Ma Chunji, presidente da CNHTC, grupo que detém o controle da fabricante de caminhões, e outros dirigentes da companhia, como o vice-presidente Liu Wei. Além disso, o diretor geral da marca para o Brasil, Joel Anderson, também participou do evento.

Com investimento de R$ 300 milhões, A unidade será erguida a partir de julho, conforme anunciado em abril deste ano (leia aqui). Liu Wei virá ao País para a cerimônia de início das obras. A planta começará as atividades em CKD, mas o plano para o médio prazo é alcançar 65% de nacionalização. A capacidade produtiva anual será de 5 mil veículos nos primeiros 12 meses, com planos para alcançar 8 mil unidades anuais.

Até que os primeiras caminhões saiam da linha de montagem nacional, a empresa continua vendendo importados no País. Entre janeiro e abril deste ano foram emplacados 328 veículos da marca, com 0,3% de participação no segmento. Com isso, a empresa foi a sétima colocada no ranking de vendas, superando a brasileira Agrale.

Sinotruk fábrica



Tags: Sinotruk, fábrica, caminhão, Brasil, China.

Comentários

  • duda leite

    estamos ansiosos por essa construcao e mais ainda pela inauguracao pra podermos passar mais credibilidade, seguranca e poder disputar de igual com os concorrentes ja existentes...Parabens...

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência