Automotive Business
  

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 18/06/2012 | 19h03

Paulo Sérgio Kakinoff 'voa' da Audi para a Gol

Executivo vai presidir companhia aérea

REDAÇÃO AB

O presidente da Audi do Brasil voou para uma nova casa. Paulo Sérgio Kakinoff passa a presidir a Gol Linhas Aéreas. Com a mudança, a partir do dia 2 de julho as operações da Audi estarão sob a responsabilidade do diretor de marketing e vendas, Leandro Radomile.

Em 2009, o publicitário e engenheiro Kakinoff voltou ao Brasil para assumir a presidência da Audi com a missão de devolver à marca o prestígio abalado na época (a Audi não esteve no Salão do Automóvel de 2008). Kakinoff desenvolveu a maior parte da carreira na Volkswagen do Brasil, chegando ao posto de diretor de marketing e vendas, e atuava junto ao board na Alemanha havia pouco mais de dois anos quando recebeu o convite para comandar as operações da Audi no Brasil.

Em janeiro de 2010, a Gol nomeou Kakinoff como novo membro do conselho de administração da companhia aérea. Agora que ele assume a presidência , Constantino de Oliveira Júnior, proprietário da Gol, deixa suas funções executivas.



Tags: Audi, Gol Linhas Aéras, Paulo Sérgio Kakinoff, Leandro Radomile, Constantino de Oliveira Júnior, Volkswagen.

Comentários

  • Laerte Marangoni

    Kakinoff sempre foi um gestor facilitador e tenho certeza absoluta que a GOL alçará novos vôos sob este comando. Sucesso! Laerte Marangoni Business Development Manager

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência