Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Elétricos | 19/06/2012 | 17h35

Nissan e Petrobras assinam acordo para carro elétrico

Empresas terão estudo para viabilizar expansão de rede de postos de recarga em todo o Brasil

REDAÇÃO AB

A Nissan e a Petrobras assinaram nesta terça-feira, 19, um memorando de entendimento para iniciar estudos sobre a expansão da infraestrutura para recarga de veículos elétricos. O acordo assinado pelo diretor-geral da Nissan no Brasil, François Dossa, e o presidente da Petrobras Distribuidora, José Lima de Andrade Neto, na sede da BR, no Rio de Janeiro, permitirá que as empresas analisem, além da infraestrutura, os produtos e serviços necessários para atender a demanda de veículos híbridos plug-in e 100% elétricos pela rede de postos Petrobras e a aderência da BR ao Programa de Mobilidade com Emissão Zero. Também aconpanharam a assinatura Eric Noziere, vice-presidente corporativo da Nissan, e Luiz Claudio Sanches, diretor da rede de postos de serviço da Petrobras Distribuidora.

Segundo Dossa, o convênio é a longo prazo, mas um importante avanço para trazer veículos como Leaf, Twizy, Kangoo e Fluence ZE para o País. “Estamos investindo e fazendo essa parceria visando a dez ou 20 anos. Por isso, para a Nissan é tão importante poder fazer esse acordo com uma empresa significativa como o Grupo Petrobras. Nossa visão de mercado daqui a 20 anos é um mercado que será completamente diferente, com muitos carros elétricos, até porque a opinião pública exigirá veículos com emissão zero.”

Por sua vez, a Petrobras é que terá o papel de viabilizar os pontos de recarga pelas cidades por meio dos chamados Postos do Futuro. Em 2011, um desses postos foi inaugurado no Rio de Janeiro, como primeiro ponto com serviços de suporte de bateria de veículos elétricos. Por enquanto, ele atende apenas bicicletas e scooters elétricos, além de fornecer os combustíveis tradicionais (leia aqui). A parceria entre a Nissan e a Petrobras nasceu com a inauguração do Posto do Futuro, quando foi realizada a primeira recarga de um carro elétrico, o Nissan Leaf.

O veículo, lançado comercialmente em 2010, tem autonomia de 160 quilômetros por recarga e foi o primeiro modelo 100% elétrico produzido em larga escala. Ele é vendido no Japão e Estados Unidos. No Brasil ainda não há previsão para venda do modelo. A Nissan, contudo, tem feito diversas ações para promover o Leaf por aqui. Recentemente, incorporou dez unidades à frota de táxis de São Paulo (leia aqui).



Tags: Nissan, carro elétrico, Leaf, Petrobras, François Dossa, José Lima de Andrade Neto.

Comentários

  • Uri araujó

    Nao vejo o motivo da demora em liberar para s brasileiros a compra do carro eletrico será que e por causa da petrobras que fé um futuro de carros elétricos ameaçando seus lucros só pode ser! Parabéns a nissan por investir em um futuro certo.

  • Alex

    Eu já vi esse filme, quando um setor está ameaçado procura logo garantir que a ameaça não vingue, e um modo de fazer isso é ter o inimigo sempre a vista.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência