Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Comerciais | 21/06/2012 | 19h33

Scania lidera vendas de extrapesados Euro 5

Mas desempenho da marca segue abaixo da média do mercado

PEDRO KUTNEY, AB

Em meio à expressiva queda das vendas de caminhões este ano, a Scania comemora a liderança de emplacamentos de modelos Euro 5 no apertado segmento do topo do mercado, de veículos pesados acima de 45 toneladas de peso bruto total (PBT) – faixa em que compete com Mercedes-Benz, Volvo, MAN e Iveco. A Scania informa que de janeiro a maio a vendeu 1.726 desses caminhões no Brasil, o que garante fatia de 45% diante das 3.836 unidades Euro 5 (que atendem à legislação de emissões Proconve P7 em vigor desde janeiro) acima de 45 toneladas de PBT emplacadas no mesmo período, de acordo com cálculos da empresa.

O líder Euro 5 da Scania (e do mercado nessa faixa de peso) foi o caminhão rodoviário R440, que respondeu por quase metade (49%) das vendas de extrapesados da marca sueca no País, com 844 unidades emplacadas de janeiro a maio. O modelo é equipado com motor de 13 litros, seis cilindros e 440 cavalos de potência, que desenvolve torque máximo de 2.300 Nm.

“O resultado mostra o acerto da estratégia da Scania, que foi a primeira a oferecer ao mercado e a criar uma promoção para os veículos Euro 5”, afirmou em comunicado Roberto Leoncini, diretor-geral da Scania do Brasil. Para quem comprou o R440, a fabricante oferecia até março a inclusão do câmbio automatizado Opticruise sem acréscimo no preço e abastecimento grátis de Arla 32 nos primeiros 120 mil quilômetros (reagente à base de ureia é injetado no catalisador dos modelos Euro 5 equipados com sistema SCR).

RESULTADO NEGATIVO NO GERAL

O bom desempenho da Scania nesse segmento específico, contudo, não foi suficiente para compensar o resultado negativo geral até agora. Com o total de 3,6 mil caminhões pesados vendidos nos primeiros cinco meses do ano, a marca sueca ficou em terceiro lugar nesta faixa de mercado (era a segunda na mesma época de 2011) e observou retrocesso nos negócios de 30,6%, bastante acima da queda média das vendas de modelos acima de 40 toneladas de peso bruto total combinado, que foi de 21,3% de janeiro a maio, para 21,2 mil unidades, segundo dados divulgados pela associação dos fabricantes de veículos, a Anfavea.

As vendas de caminhões pesados foram as que mais caíram desde a introdução da nova legislação de emissões. Os emplacamentos só não recuaram mais porque a maioria foi de modelos Euro 3 fabricados até dezembro e estocados para comercialização posterior, com preço menor do que os Euro 5. Nesse cenário, a Scania garante ter formado grandes estoques de Euro 3 e que só vendeu em 2012 unidades da linha antiga que já haviam sido encomendadas até o fim de 2011. Justamente por isso seu desempenho foi pior do que o dos concorrentes.



Tags: Scania, Euro 5, Proconve, P7, mercado, vendas, caminhões.

Comentários

  • geovanny

    ee o meu sonho dirigi um caminhao da scania um dia

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência