Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 18/07/2012 | 16h48

Copersucar eleva projeção de produção de etanol

E reduz estimativa para açúcar na safra 2012-2013

REDAÇÃO AB

A Copersucar elevou a estimativa para a fabricação de etanol no centro-sul do Brasil, na safra atual 2012/2013, e reduziu sua projeção de produção de açúcar, devido ao tempo chuvoso que favorece a produção do biocombustível, disse o presidente da empresa, Paulo Roberto de Souza, informa a agência de notícias Reuters.

Segundo o executivo, a produção de etanol da região deve gerar 21,5 bilhões de litros, enquanto a previsão anterior era de 20 bilhões de litros. A estimativa para açúcar na região centro-sul, que responde por 90% da moagem de cana do País, foi estimada em 30,5 milhões de toneladas, sendo que a estimativa anterior apontava 32 milhões de toneladas. Para ele, por mais que as 48 usinas associadas da companhia priorizem a produção de açúcar - produto que remunera mais que o etanol - o atípico tempo chuvoso neste inverno faz com que a cana chegue às usinas mais apropriada a produção do biocombustível.

“A decisão econômica é maximizar açúcar. Só que em função do clima, quanto mais paradas temos, mais favorecemos o etanol, porque vai perdendo os dias de moagem no ano", disse.

Souza disse que mais de 40% das usinas associadas estão paradas devido ao tempo chuvoso, com reflexos no mercado global. De acordo com especialistas, a cana fica com mais água no início e final da safra, justamente os períodos mais chuvosos, o que favorece a produção de etanol.

Como nesta safra a moagem está atrasada, tal atraso será recuperado em novembro e dezembro, meses que tradicionalmente registram mais precipitações, segundo o executivo da Copersucar. “A safra já foi alongada”, destacou.

A Copersucar estima a moagem de cana em 505 milhões de toneladas contra as 493 milhões de toneladas da safra passada.

“Nós mantemos a previsão de 505 milhões de toneladas de cana moída, mas o clima é determinante, vamos ver se conseguimos moer tudo isso, pode ficar cana em pé”, afirmou, referindo-se à cana que pode deixar para ser colhida na próxima temporada.



Tags: Etanol, safra, combustível, Copersucar, projeção.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência