Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Segurança | 10/08/2012 | 15h42

Airbag para passageiro comemora 25 anos

Equipamento estreou num Mercedes Classe S no Salão de Frankfurt de 1987

REDAÇÃO AB

Há 25 anos, a Mercedes-Benz foi a primeira fabricante de automóveis a oferecer airbag para o passageiro da frente em um carro produzido em série. A tecnologia estreou no Classe S (série 126) no Salão de Frankfurt, na Alemanha, em setembro de 1987. A Mercedes-Benz já havia lançado o primeiro airbag para o motorista totalmente funcional em um veículo de série em 1981, também em um Classe S da série de modelos 126.

O chamado Sistema de Retenção Suplementar (SRS), que incluía o airbag do motorista e o tensionador do cinto de segurança, foi oferecido inicialmente como opcional. O equipamento resultou de uma pesquisa feita pela empresa, iniciada em 1966. Os testes começaram no ano seguinte. Enquanto o airbag do motorista fica alojado no volante, o do passageiro da frente, nas suas primeiras versões, ocupava a área que normalmente seria do porta-luvas.

Com a modernização dos módulos infláveis, os veículos acabaram recuperando o porta-luvas. O airbag para passageiro lançado em 1987 utilizava a mesma tecnologia do sistema pioneiro de proteção para o motorista. Quando os sensores detectam uma colisão, uma carga propelente é inflamada e, em milésimos de segundo, o nitrogênio produzido por esse processo infla o airbag, uma bolsa feita de tecido especial.

Em 1994, a bolsa inflável para o passageiro da frente passou a ser equipamento de série em todos os carros de passeio da Mercedes-Benz. O do motorista já estava incorporado a toda a linha desde 1992. Para melhorar o efeito protetor proporcionado pelos airbags, os engenheiros da Mercedes-Benz passaram a desenvolver, nos anos seguintes, sistemas adicionais como bolsas infláveis laterais e de cortina.

O desenvolvimento do item nos anos 1960 foi incentivado pelos planos existentes nos Estados Unidos de tornar obrigatório um sistema automático de proteção para todos os carros a partir de 1969. Os airbags que inflavam durante um acidente eram vistos então como uma tecnologia promissora. O princípio já havia sido patenteado na década de 1950. Os principais pioneiros foram o alemão Walter Linderer (que recebeu a patente DE 896312, de 6 de outubro de 1951) e o americano John Hedrik (patente US 2649311, de 16 de agosto de 1953).



Tags: Airbag, passageiro, Mercedes-Benz, Classe S, SRS, tensionador, Walter Linderer, John Hedrik.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência