Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 17/08/2012 | 11h00

MAN passa a vender caminhões TGS no Peru

São oito modelos ao todo, de 26 a 41 toneladas, com chassis rígidos ou cavalos mecânicos

REDAÇÃO AB

A MAN Latin America começou a vender no Peru os novos caminhões MAN TGS. Os veículos, oito modelos ao todo, são produzidos na Alemanha com motores Euro 3, tecnologia vigente no Peru para controle de emissões. A operação implica o investimento de US$ 10 milhões do importador peruano Euromotors. Desse total, US$ 6 milhões serão aplicados em novas instalações para venda, exposição e oficina. O restante destina-se a estoque de peças de reposição e equipamentos.

A Euromotors já trabalha com a marca Volkswagen Camiones y Buses há 19 anos no país vizinho e será responsável também pela venda e manutenção das novas unidades MAN. Os caminhões MAN TGS estão disponíveis em versões de chassis rígidos e cavalos mecânicos. Segundo a fabricante de caminhões, os produtos têm configuração alterada para trabalhar nas condições severas que caracterizam o transporte de carga extrapesado em países andinos. Eles têm de vencer terrenos íngremes e estradas com características de rodagem severas.

Os MAN TGS variam de 26 a 41 toneladas de peso bruto total. Todos estão equipados com sistema eletrônico de freios (EBS) MAN Breakmatic e dispositivo antitravamento ABS. “O lançamento da marca MAN no Peru faz parte de nossos planos para os caminhões MAN na América Latina. Além da série TGS, os MAN TGX ‘Made in Brazil’, produzidos em Resende (RJ), também serão oferecidos ao mercado peruano”, afirma Marcos Forgioni, diretor de vendas e marketing exportação da MAN.



Tags: MAN Latin America, MAN, TGS, TGX, Camiones y Buses.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência