Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Comerciais | 22/08/2012 | 20h25

Iveco lança o 4º modelo da linha Ecoline

Novo Stralis Euro 5 faz estreia mundial de motor de 9 litros

SUELI REIS, AB

A Iveco realizou nesta quarta-feira, 22, em São Paulo, o quarto lançamento dentro de sua linha de veículos Ecoline, gama de produtos renovados que atende a nova legislação de emissões Proconve P7 (Euro 5). O caminhão extrapesado Stralis passa a integrar a família, hoje composta pelos modelos Daily, Tector e Tracker.

Disponível nas versões 4x2, 6x2 e 6x4, o Stralis não apresenta grandes modificações externamente, contudo, internamente, o veículo teve a maior parte de sua estrutura renovada para abrigar os motores dotados de tecnologia SCR e, portanto, seu compartimento de Arla 32, agente catalisador utilizado para reduzir as emissões de gases, conforme determina a nova legislação.

A grande novidade do novo Stralis está na estreia mundial do motor Cursor de 9 litros, nas opções 330 cv e 360 cv, desenvolvido pela FPT, divisão de powertrain da Fiat Industrial. A família completa do Stralis dispõe de cinco opções de potência, incluindo o já conhecido Cursor de 13 litros, nas opções 400 cv, 440 cv e 480 cv. Ambos consomem até 7,5% menos combustível quando comparado com suas versões Euro 3, informa a montadora.

Ainda por dentro, o veículo recebeu modificações no chassi, para realinhar o motor, com isso, reestruturaram todo o sistema elétrico, além de suspensão, freios e sistema pneumático, que também sofreram alterações na comparação com a versão Euro 3. O veículo será oferecido com 4 anos de garantia, sendo 1 ano para sua totalidade e 3 anos para o conjunto powertrain (motor, transmissão e eixos).

O preço do novo Stralis parte de R$ 220 mil, para a versão de entrada (4x2 e motor de 9 litros) até R$ 360 mil para a topo da gama, versão 6x4 completo com todos os itens, incluindo transmissão automatizada.

escrever
As cabines do novo Stralis podem ser teto alto ou baixo, na versão leito nos modelos de 13 litros e cabine curta nas versões de 9 litros, novidade na gama

MERCADO

Com o novo Stralis Ecoline, a Iveco espera elevar de 11% para 15% sua participação no mercado de extrapesados no País nos próximos meses, afirma o diretor comercial Alcides Cavalcanti, que projeta vendas de 4,4 mil unidades do modelo até o fim deste ano. Para 2013, ele espera que as vendas alcancem as 5,5 mil unidades.

O segmento de extrapesados representa fatia de 20% do mercado total de caminhões no Brasil e foi o que mais sofreu com o baixo desempenho do setor no primeiro semestre, disse o executivo, por estar diretamente ligado à agricultura e indústria, setores que sustentam a economia no País, impactada pela crise. Ele informa que a Iveco acompanhou a queda do mercado total de caminhões, que caiu 25% até julho na comparação com o ano passado e que a participação da montadora caiu 1 ponto porcentual neste período, para 11%. Nas vendas até julho, a Iveco vendeu 11 mil caminhões no Brasil, incluindo todos os modelos. As projeções da montadora apontam para queda de 18% a 20% nas vendas deste ano com relação a 2011 e em 2013 espera vender 10% a mais que este ano.

Cavalcanti aponta que além da crise internacional na economia brasileira, outros fatores como a mudança na legislação impactou fortemente no mercado de caminhões, principalmente nos preços: os caminhões ficaram de 8% a 15% mais caros com relação aos seus antecessores Euro 3, informou, acrescentado que sua rede esgotou os estoques de Euro 3 em junho. A restrição de crédito também foi apontada como empecilho, visto que 90% da vendas de caminhões são financiadas.

Entretanto, o executivo diz que as medidas anunciadas pelo governo para tentar alavancar a indústria e o setor de infraestrutura, o que inclui a redução da taxa de juros da linha Finame PSI para 5,5% ao ano, têm impulsionado os negócios nos últimos dois meses. “Sentimos um maior movimento das revendas e já comprovamos um nível maior de consultas e de negócios com relação ao primeiro semestre. Elas devem elevar o ritmo do mercado mais intensamente no primeiro trimestre de 2013”, comenta.

O presidente da Iveco disse que há sinais de retomada e que esta será gradual, percebida aos poucos pelo mercado, impulsionada pelas obras de infraestrutura, como o PAC, pré-sal e o pacote logístico lançado pelo governo na semana passada. “A expectativa é boa para o segundo semestre, principalmente para o último trimestre. O mercado atingiu um certo grau de estabilidade nos últimos meses e isso indica que que a economia se manterá forte nos próximos anos.”

STRALIS NA IVECO BRASILEIRA

As vendas do Stralis representam 20% de tudo o que a Iveco já vendeu no País desde sua chegada aqui, em 2004, com 22 mil unidades entregues, informa o vice-presidente de vendas e marketing da Iveco para a América Latina, Natale Rigano, que na Europa participou do nascimento do modelo, auxiliando na escolha e decisão de seu nome, em 1999. O novo Stralis demandou dois anos de desenvolvimento, assim como os demais membros da família Ecoline, considerado o maior projeto da montadora fora da Europa. A linha consumiu parte do investimento de R$ 600 milhões no ciclo 2007-2012, e também foi utilizado na expansão da fábrica da Iveco em Sete Lagoas (MG), na criação do centro de desenvolvimento, também em Minas Gerais, e no centro de distribuição de peças, localizado em Sorocaba (SP).

Um novo ciclo de investimento só deve ser divulgado após o fim do lançamento de toda a linha Ecoline, disse Mazzu. Segundo ele, haverá ainda este ano novidades relacionadas à linha. De todos os modelos de caminhões que a montadora mantém em seu portfólio, só falta integrar à Ecoline o médio Vertis.



Tags: Iveco, Stralis, Euro 5, Ecoline, Daily, Tector, Tracker.

Comentários

  • Fabricio Lopes

    A Titan Treinamento atua no seguimento de qualificação operacional, e estamos buscando sempre novas tecnologias embargadas nos equipamentos e a IVECO tem dado um grande exemplo em seus caminhões pois são equipamentos forte, robusto e de fácil dirigibilidade, estão de parabéns.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência