Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 31/08/2012 | 19h00

PPG mira em fornecimento para montadoras

Empresa adota novas estratégias para aumentar fornecimento de tintas para o setor no Brasil

SUELI REIS, AB

Com foco em crescer até três vezes mais que o PIB nos próximos cinco anos, a PPG Industrial, um dos principais fornecedores de tintas do Brasil, com sede nos Estados Unidos, reformula sua estratégia de negócio para expandir a participação no mercado nacional, planos que incluem o setor automotivo, que responde por 40% do faturamento anual da companhia no País. O presidente Carlos Olivera Santa Cruz, no cargo há seis meses, trouxe um novo ritmo à empresa, começando por visitar os clientes já no terceiro dia após assumir o posto, em abril (leia aqui).

“O objetivo é incrementar nossa participação nos vários segmentos em que atuamos e isso inclui o setor automotivo, no qual o foco é conquistar novos projetos de nossos tradicionais clientes. Atendemos a maior parte das montadoras instaladas aqui, mas com níveis de fornecimento que variam até mesmo dentro das várias linhas de cada fabricante”, explica Cruz.

Ele conta que a empresa oferecerá um novo portfólio de cores às montadoras, resultado do processo de inovação que está sendo aplicado na área de pesquisa e desenvolvimento. Outro fator que poderá garantir a conquista dos novos projetos é a globalização de veículos. “Sem dúvida, o relacionamento que mantemos com as montadoras no exterior auxiliará nas escolhas de suas filiais brasileiras, que na maioria das vezes opta por fornecedores globais, alinhando-se à estratégia das matrizes.”

Ainda no segmento de pintura original, a PPG também pretende ampliar a carteira de clientes, o que já iniciou com as montadoras que anunciaram a intenção de construir fábricas no Brasil. Contudo, Cruz afirma que este é um processo que ainda está em curso.

Já na área de repintura automotiva, com a marca PPG Refinish, a empresa planeja ampliar a rede de cobertura e distribuição no País. Desde 2007, a empresa mantém o uso da licença da marca de tintas Renner. A repintura representa 15% dos negócios dentro do fornecimento para o setor automotivo.

Para dar continuidade ao seu projeto, por enquanto, o executivo não revela investimentos ou planos de aumentar o quadro de funcionários, hoje em torno de 800 distribuídos nas duas unidades que a empresa mantém no País, em Sumaré (SP) e Gravataí (RS).

O Brasil é o principal mercado da empresa na América do Sul, região que respondeu por 7% do faturamento global em 2011, de US$ 14,9 bilhões. Cruz estima que a participação neste ano permaneça nos 7% e espera aumentar gradativamente esse índice a partir de 2013, quando deverão surgir os primeiros resultados de sua nova empreitada.

Além do setor automotivo, que inclui caminhões e tratores, a PPG Industries atua nos segmentos aeroespacial, embalagens e indústria em geral, como revestimentos para eletrodomésticos, equipamentos, celulares, computadores entre outros.



Tags: PPG, tintas, repintura automotiva, Carlos Olivera Santa Cruz.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência