Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 04/09/2012 | 23h35

Mann Hummel: mais participação na América com filtros industriais

Empresa promete não deixar de investir no setor automotivo

CAMILA FRANCO, AB

Com 70 anos de atividades no mundo e 58 no Brasil, o grupo alemão Mann Hummel, um dos maiores fabricantes de filtros – produz 15 a cada segundo no mundo –, tem hoje no País o segmento automotivo como principal negócio, seja por meio do fornecimento a todas as montadoras instaladas por aqui (inclusive Hyundai com filtros de ar para o HB 20) ou para cadeia de reparação. Em entrevista nesta terça-feira, 4, Manfred Wolf, gerente geral dos negócios automotivos e industriais da companhia, informou, no entanto, que o principal foco da Mann Hummel agora é investir no mercado de filtração industrial, tornando a água gerada por empresas clientes – como Pepsi e Petrobrás, que já fecharam contrato – pronta para reuso.

O executivo, em visita ao Brasil, garante que o setor automotivo não deixará de receber investimentos e seguirá crescendo, ainda mais com a chegada das montadoras chinesas, como a Chery, com quem eles já estão negociando. Continuarão a oferecer filtros de ar, óleo e combustível para veículos leves e pesados, além de outros sistemas de filtragem de suas duas marcas: Filter e Purolator. “O mercado de filtros de água, que atualmente é a quarta maior divisão na Mann Hummel, é promissor no Brasil e não podemos continuar deixando-o de lado. Por isso vamos fortalecê-lo, assim como temos feito com o setor automotivo”, diz. A empresa tem atualmente participação em 25% do mercado total de filtração.

Segundo Manfred, a companhia realizou dois grandes aportes para promover os negócios de filtração de água pelo mundo. “Adquirimos há dois anos uma empresa em Singapura, em uma região estratégica para abastecimento de água em toda Ásia. Além disso, compramos no início deste ano a Fluid Brasil, especialista em sistema de filtragem e que fica em Itupeva, no interior de São Paulo.”

PLANOS

Por trás dos novos negócios, a Mann Hummel revela que está buscando aumentar sua participação nos mercados americano e asiático. “A empresa hoje está muito concentrada na Europa e a ideia é que, sem deixar de crescer nesta região, consigamos ter mais participação nos outros dois continentes”, conta Markus Wolf, presidente das operações brasileiras.

De acordo com Manfred, atualmente, a América, com o Brasil como principal mercado, corresponde a aproximadamente 21% dos negócios da fabricante, Ásia, cerca de 16%, e Europa, mais de 60%. “Até 2018, pretendemos deixar a Europa com 50% e os demais continentes com 25%”, afirma o gerente geral. Ainda segundo ele, outra meta é dividir as operações globais na proporção igualitária de um terço para cada ramo de atividade da Mann Hummel: automotivo (montadoras), aftermarket (cadeia de reposição) e não automotivo.

Em 2011, o faturamento global da Mann Hummel foi de € 2.5 bilhões. Alemanha, Espanha e Brasil foram os principais mercados para aftermarket. Já no Brasil, a empresa faturou cerca de € 200 milhões no ano passado, o que representa uma fatia de 10%. Para 2018, a previsão é ambiciosa: faturamento global de € 3.4 bilhões. “Se crescermos 4% ao ano atingiremos esse patamar”, diz Manfred.

INVESTIMENTOS

O grupo não revela quanto tem investido em cada região, mas informa que estão sendo aplicados € 100 milhões em todo mundo. Do seu faturamento, 4%, segundo Manfred, é gasto em Pesquisa e Desenvolvimento.

No Brasil, com três fábricas (em Indaiatuba, no interior de São Paulo, em Contagem, Minas Gerais, e Manaus, no Amazonas) das 42 da companhia, o aporte está sendo feito em programas de racionalização e na modernização de equipamentos e do portfólio.

A Mann Hummel emprega aproximadamente 14.400 profissionais – desses, 6 mil estão na Alemanha e 1.350, no Brasil.



Tags: Mann Hummel, Manfred Wolf, Markus Wolf, filtros, investimentos, autopeças, aftermarket.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência