Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 11/09/2012 | 19h47

Lord investe R$ 50 milhões em nova fábrica no Brasil

Unidade ficará em Itupeva (SP)

REDAÇÃO AB

A Lord, fabricante de adesivos estruturais e revestimentos de alta performance para os setores automotivo e industrial, com fábrica em Jundiaí (SP), completa neste mês de setembro 40 anos de operações no Brasil. Para comemorar, na quarta-feira, 11, a empresa lançará a pedra fundamental de sua nova unidade, que será construída em Itupeva, também no interior de São Paulo, com investimento de cerca de R$ 50 milhões.

De acordo com Sandro Leonhardt, gerente regional da Lord América do Sul, a nova fábrica começará a operar no final de 2013 com o dobro de capacidade de produção da unidade de Jundiaí. "A área em Itupeva permite sucessivas expansões para sustentar o crescimento da Lord ao longo dos próximos 20 anos", afirma.

O executivo informa que o faturamento mundial da Lord crescerá em torno de 10% em 2012, em decorrência da entrada da empresa no mercado de óleo e gás - fora do Brasil a Lord também fornece sistemas mecânicos para controle de vibração - e da consolidação da empresa na América do Sul, com a abertura este ano de uma filial na Argentina. "O nosso próximo passo será a inauguração de uma base na Colômbia, que terá como foco o atendimento aos países", diz Leonhardt.

A sede da Lord, fundada em 1924, fica em Cary, Carolina do Norte. A empresa tem fábricas em nove países e escritórios em mais de quinze centros comerciais ao redor do mundo. Suas vendas globais, segundo Leonhardt, ultrapassam US$ 610 milhões.



Tags: Lord, investimento, adesivos, revestimentos, Sandro Leonhardt, Itupeva, Jundiaí.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência