Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 12/09/2012 | 18h45

Schrader vende compressores de ar no Brasil

Empresa ainda importa 100% das peças; meta é produzir até 2017

CAMILA FRANCO, AB

A Schrader International, multinacional americana que fornece válvulas para pneus (carros, motos, bicicletas, caminhões, ônibus e tratores) e componentes para sistemas de ar condicionado para todas as montadoras do Brasil e para a cadeia de reparação, começou a vender neste mês de setembro compressores de ar para uso doméstico, profissional (reparos automotivos) e industrial (automação) no mercado nacional - oito modelos no total.

Há 59 anos no Brasil, a empresa (fundada em 1844) decidiu entrar apenas agora neste segmento por acreditar que a indústria automotiva brasileira só ganhou relevância nos últimos cinco anos. "Já fabricamos compressores nos Estados Unidos desde 1985, mas decidimos ser cautelosos para trazê-los ao Brasil no momento certo. Muitas empresas entraram nesse ramo no País e saíram fracassadas", explica Carlos Storniolo, diretor geral da Schrader. Segundo ele, o objetivo principal da empresa é atingir os segmentos de uso profissional e industrial (representarão mais de 70% das vendas).

"Estamos certos da aceitação dos produtos no Brasil com base nos intensos estudos e testes de performance e qualidade realizados pelos núcleos de pesquisa e desenvolvimento da companhia, aliados aos preços competitivos que vamos oferecer", afirma Storniolo.

De acordo com o executivo, foram quatro anos de estudos para começar a vender. Inicialmente, a comercialização dos compressores acontecerá apenas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, com o objetivo de garantir assistência técnica imediata e de qualidade. A expansão para outros estados do País ocorrerá até 2017.

Por enquanto, nenhum dos compressores está sendo produzido no Brasil. São todos importados dos Estados Unidos. Rodolfo Amaral, gerente geral de vendas da Schrader garante, porém, que a fabricação dos compressores, na unidade da empresa em Jacareí (SP) e com cerca de 300 funcionários, terá um índice de nacionalização de até 70% nos próximos cinco anos. Os preços dos compressores estão na média de R$ 325 (um dos destinados ao uso doméstico), R$ 1.750 (uso profissional) e R$ 8 mil (industrial).

EXPECTATIVA

A Schrader tem hoje mais de 1.100 clientes no Brasil. Com a chegada dos oito compressores, espera dobrar essa quantidade até 2017. Neste mesmo período, pretende atingir de 8% a 12% do mercado de compressores de ar, posicionando-se entre as três principais marcas - Schulz, Chiaperini e Pressure, que detêm 45%, 18% e 15% respectivamente. O diretor Storniolo, não revela quanto foi investido no novo negócio, mas diz que ele deve representar um faturamento inicial de R$ 12 milhões ao ano.

O faturamento global da empresa (com fábricas em cinco países - Brasil, China, Estados Unidos, França e Irlanda - mais de 30 mil clientes e 1500 profissionais) é de US$ 400 milhões. O Brasil representou 8,5% do mercado total da Schrader em 2011.



Tags: Schrader, compressores, válvulas, Carlos Storniolo, Rodolfo Amaral.

Comentários

  • Arnaldo

    Conheço as maquinas. São "paus-para-toda-obra". Silenciosas, sem vibração, potentes, grande vazão e com baixo custo. Além de dois anos de garantia. Maquinão!!!!

  • Gilberto MArinho

    Grande marca....pena que é uma empresa mediocre!!!!

  • jurandyr

    Boas noticias, ja que o mercado tem ausencia de uma marca de uma qualidade internacional, chega na hora exata. Os fabricantes que mantem-se na concorrencia não oferecem qualidade confiavel, e não resçpeitam os consumidores, assistencia técnica deixa a desejar. Parabens a Schrader pelo investimento, se espera que ela cumpra um papel decisivo para mudar esse quadro que se prorroga por muitos, a falta de respeito ao publico e uito grande. .

  • Reinaldo de jesus zaboti

    ola,hoje dia 13-07-13 acabei de comprar um compressor 40 pés 500 litros schrader, comprei na cordeiro maquinas e ferramentas em sorocaba, comprei hoje e ja recebi hoje mesmo, ótima empresa, a primeira vista achei ele bem robusto e bem funcional ainda não liguei, eles me garantiram sobre assistencia tecnica espéro ter feito um bom negócio abraços.

  • Joao Cavalari

    comprei um compressor shrader mas ainda não pude usar....que pena o automático não desliga,,,gostaria se alguém soubesse, onde tem assistência técnica.... agradeço a quem me ajudar. obrigado

  • Jacir Roque da Silva

    Tenho revenda em Chapecó S/C, vendi 4 peças, 40 pés 350 Litros, gostei muito um produto (robusto) apenas um vendido em Camboriu, deu problema, na junta a assistência enviou a junta pro cliente trocar em menos de 48 horas, a te o momento em termos de assistência excelente, baixo custo benéfico, produto no qual pode ser trabalhado com margem muito boa, espero que eles continuem com os produtos.

  • wagner

    Gostaria de saber, onde conseguir peças de reposição do compressor schrader, industrial, 5hp, 20 pés. Preciso do reparo da placa de válvulas dos cilindros de alta pressão e baixa pressão. Não estou conseguindo nenhum representante e li notícias de que a fábrica em Jacareí fechou as portas. Alguém pode me ajudar???? Obrigado!!

  • alair

    Comprei um compressor, agora estou precisndo fazer a manutenção do mesmo e nõ consigo peças. Favor informar algum fornecedor na região do Parana.

  • Italo Rodrigues Silva

    Moro em Belo Horizonte MG e estou querendo adquirir um compressor schrader. Meu receio e sobre a assistência técnica, quero saber se já existe assistência para Belo Horizonte.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência