Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Confira as novidades do Salão de Paris
Volkswagen Up! será produzido no Brasil.

Eventos | 25/09/2012 | 18h45

Confira as novidades do Salão de Paris

Serão fabricados no Brasil o VW Up! e o Peugeot 2008

PAULO RICARDO BRAGA | De Paris (França)

Prepare-se para conferir os veículos que estarão expostos no Salão do Automóvel de Paris, de 29 de setembro a 14 de outubro, e poderão desembarcar para produção no Brasil, ao lado de outros que estarão reservados apenas para a importação. Não espere encontrar uma lista grande de novidades ou projetos de impacto além dos já conhecidos. As montadoras europeias, especialmente as anfitriãs francesas, passam por momento de aperto e as verbas para novos projetos andam curtas.

Para piorar a situação, este ano as vendas no continente europeu devem recuar 8,8% em relação a 2011, somando 12,5 milhões de veículos, como informou a consultoria internacional IHS Automotive (leia aqui). Antes da crise atual, o volume de vendas de carros esteve próximo de 15 milhões de unidades por ano. Apenas a Volkswagen parece salvar-se nessa conjuntura, mas deve boa parte do balanço positivo a resultados internacionais e à boa performance de seus veículos premium, como a linha da Audi.

Para os brasileiros em visita à exposição vale conferir o Volkswagen UP!, que será produzido em Taubaté (SP) para fazer frente ao Novo Uno, embora ainda não se conheçam as versões locais; a nova geração do Beetle, que será feito no México, e a sétima geração do Golf, que provavelmente não será produzida no Brasil; o Chevrolet Trax, que virá do México; o Peugeot 2008, que será montado em Porto Real (RJ); uma nova versão do Renault Clio, que pode inspirar projetos de design mais agradáveis na Renault; e as novidades da família DS, da Citroën, que vão desembarcar no País. Os novos Sandero e Logan, apresentados pela Dacia (da Renault) no Salão de Paris, ganham traços de modernidade e há indicações de sua montagem no Brasil.

O Grupo Fiat nada prepara de excepcional para a exibição, depois de apresentar o 500 L de uso múltiplo (MPV) no Salão de Genebra, Suíça, e brecar o desenvolvimento de diversos programas. A marca lança uma versão 4x4 do Panda e serviços personalizados para o Fiat 500 top de linha, que ganha até cafeteira Lavazza.

A Ford mencionou apenas um facelift para o Fiesta, com a frente ganhando nova grade e alguma estilização a mais. Sob o capô, o modelo recebe motores a gasolina turboalimentados Ecoboost 1.0 litro, de três cilindros, e 1.6 litro, de quatro cilindros.

A Opel vai ao Salão de Paris para apresentar oficialmente o novo Adam, apresentado como chique, pequeno e urbano. O veículo tem nível elevado de opções de personalização em termos de cores, equipamentos e acessórios, com forte foco em tecnologia. A companhia estaria se inspirando no sucesso dos pequeninos Citroën DS3 e do Fiat 500, que demonstraram a viabilidade de ocupar o espaço de veículos premium no segmento de compactos.

VOLKSWAGEN

O Grupo Volkswagen vai mostrar os próximos modelos que se beneficiarão da arquitetura da nova plataforma MQB, utilizada inicialmente no Audi A3. A principal aplicação será na família Golf, em sétima geração, com um modelo mais longo, largo e baixo que seu predecessor. O tamanho maior garante evolução no espaço, embora o peso tenha sido reduzido em 100 kg, dependendo da versão, graças a um esforço concentrado no projeto de componentes do powertrain, suspensão e estrutura. Um dos resultados será a redução de emissões de dióxido de carbono.

Segundo a assessoria de comunicação da Volkswagen no Brasil, o carro foi projetado na Alemanha para o mercado europeu e japonês e acaba de ser apresentado na Europa, não havendo previsão de montagem no México ou no Brasil.

A nova geração do Beetle será uma atração, começando pelo desenho, que se aproxima mais do original, e pelos diferentes apelidos com que é vendido no mundo todo. No Brasil, ele maracará a volta do nome Fusca (leia aqui). O veículo, com produção no México, estará no Salão de São Paulo na versão automática de 6 marchas, com motor 2.0 TSI de 200 cv (o mesmo do Jetta TSI).

A espanhola SEAT, do grupo, expõe a terceira geração do Leon, com benefícios similares aos oferecidos pelo Golf. Apresentado inicialmente em versão hatch de cinco portas, o veículo pode ter uma opção hatch de três portas e um sedã.

PEUGEOT E CITROËN

Depois de anunciar a redução do pessoal e fechar a planta de Aulnay, na França, a PSA Peugeot Citroën levará diversas atrações ao Salão de Paris, especialmente sob a marca Peugeot. Isso inclui o Onyx, um conceito de supercarro usado em parte para o estudo de novos materiais, com asas frontais fabricados manualmente com folhas de cobre, acrílico de baixo peso utilizado nas janelas e teto, além de painéis e monocoque central de fibra de carbono. O motor é um 3.7 litros diesel, V-8, baseado no propulsor do 908 Le Mans de competição.

Peugeot 2008
Um dos veículos mais próximos das linhas de produção é o 2008 SUV-B crossover, que pode ser montado já em 2013. O conceito veio equipado com um novo motor a gasolina de três cilindros 1.2, de 110 cv. A Peugeot já confirmou a produção em Porto Real (RJ), mas faltam detalhes, como a data do início de fabricação e o motor a ser adotado.

Outro veículo que pode ser produzido pela marca é o RCZ R, ainda em fase conceitual, baseado no RCZ, que utilizará um propulsor 1.6 litro a gasolina, turboalimentado (Prince) de 260 cv. Outra adição ao portfólio inclui variações do 208, com a especificação top XY e a GTI, de alta performance.

Citroën DS3 Electrum
A marca apresentará um veículo elétrico conceitual baseado no DS3, conhecido como DS3 Electrum, com dois motores de 65 kW no eixo frontal e bateria de íon-lítio Panasonic de 17.5kWh, capaz de rodar 75 milhas com 80% de carga feita em 30 minutos, em carregador rápido.

Citroën C-Elysée
O salão mostra também os rejuvenescidos C3 Picasso, C-Elysée e C4 L, o ultimo dos quais em processo de desenvolvimento para países fora da Europa. Uma versão similar da Peugeot, o 301, também será exibido.

DACIA

Oito anos depois do lançamento mundial, a Dacia apresenta no Salão de Paris a nova geração do Logan e do Sandero. As duas versões podem vir para o Brasil em 2013. O Sandero já ganhou contornos praticamente definitivos no projeto atual, com toques de modernidade, enquanto o Logan ainda está em fase conceitual. Vale lembrar que a Dacia pertence ao Grupo Renault e os projetos de engenharia desenvolvidos na Romênia passam pela supervisão do núcleo de engenharia na França.

Salão



Tags: Salão de Paris, VW Up!, Beetle, Sandero, Logan, 2008, Trax, VW, Citroën, Peugeot, Renault, Fiat.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência