Automotive Business
  

Notícias

Ver todas as notícias
Marcos de Oliveira agora é vice-presidente na Iochpe-Maxion
Oliveira, ex-presidente da Ford Mercosul, assume vice-presidência corporativa da Iochpe-Maxion: menos de três meses de aposentadoria.

Carreira | 01/10/2012 | 15h22

Marcos de Oliveira agora é vice-presidente na Iochpe-Maxion

Executivo deixou presidência da Ford em junho

PEDRO KUTNEY, AB

Durou pouco o descanso de Marcos de Oliveira, que em 30 de junho deixou repentinamente a presidência da Ford Mercosul dizendo que iria se aposentar, após 28 anos na empresa. No fim de setembro, sem alarde, Oliveira assumiu o cargo de vice-presidente corporativo da Iochpe-Maxion, que atua com três divisões no setor de autopeças.

O executivo não foi encontrado para comentar sobre sua nova posição, mas a informação consta em sua página na rede social profissional LinkedIn. Oliveira também já está apresentado como vice-presidente do grupo Iochpe-Maxion no painel “Competitividade; Como Fazer?”, do qual irá participar no Congresso SAE, que acontece esta semana em São Paulo.

O engenheiro Marcos de Oliveira passou 28 anos na Ford, onde começou como estagiário da divisão de componentes, em 1984. Antes de assumir a presidência da Ford Brasil e Mercosul, em dezembro de 2006, passou 17 anos ocupando cargos fora do País: dirigiu a operação da Ford na África do Sul, foi CEO da empresa no México e, antes de retornar a São Bernardo do Campo (SP), era diretor executivo de desenvolvimento de produtos na América do Norte, onde participou do planejamento, desenvolvimento e lançamento de modelos como Fusion e Edge. Em 2 de maio, a Ford anunciou a aposentadoria de Oliveira, que foi substituído no fim de junho pelo inglês Steven Armstrong.

Agora Oliveira vai para o outro lado do balcão, tornando-se fornecedor dos fabricantes de veículos. O grupo Iochpe-Maxion tem 8 mil empregados e sete fábricas no Brasil e exterior, fornecendo principalmente componentes de chassis e rodas para veículos pesados e leves. No segundo trimestre de 2012, a companhia apurou receita líquida de R$ 1,5 bilhão e lucro líquido de R$ 800 mil. Até o momento o cargo que Oliveira passou a ocupar (vice-presidente corporativo) não existia no organograma apresentado no site da empresa.



Tags: Marcos de Oliveira, Ichope-Maxion, Ford.

Comentários

  • Willian Carui

    Marcos, desejamos muito sucesso! Saudades dos amigos da Ford....

  • Dalto J S Junior

    Apenas comentando sobre a atual estrutura da IOCHPE-MAXION: é uma Companhia multinacional que atua nos segmentos automotivo e ferroviário através de suas 3 unidades de negócios: MAXION STRUCTURAL COMPONENTS, MAXION WHEELS E AMSTED-MAXION. Desta forma a Companhia gera mais de 18.000 empregos, distribuídos em suas 31 unidades fabris, escritórios de vendas e armazéns localizados nos cinco continentes. Obrigado.

  • Laerte Marangoni

    Eu tive a oportunidade de conhecer o Marcos de Oliveira em evento realizado aqui na 3M e acredito que competência e simplicidade são elementos contidos neste profissional que fará uma gestão de sucesso tão quanto foi sua gestão na direção da FORD.

  • Celso chagas

    Marcos desejamos a voce muito sucesso em seu novo empreendimento trabalhos juntos por mais de 25 anos na Ford eu lembro do seu inicio como estagiario e chegou a ser Presidente da da Ford no Brasil eu me orgulho de poder ter trabalhado com voce e todos colegas Abracos de seu amigo Celso Chagas

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência