Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Agrale tem 20 novos projetos incubados

Comerciais | 18/10/2012 | 19h13

Agrale tem 20 novos projetos incubados

Empresa comemora 50 anos de atividade com faturamento de R$ 1 bilhão

GUILHERME ARRUDA, PARA AB | De Caxias do Sul (RS)

Ao comemorar 50 anos de atividades, a Agrale, de Caxias do Sul (RS), informou que possui atualmente cerca de 20 novos projetos incubados que se encontram em vários estágios de desenvolvimento e serão colocados no mercado até 2015. Os projetos se dividem em dois grupos: de derivações de famílias de veículos já existentes e de modelos inéditos. A informação foi dada na quinta-feira, 18, pela diretoria do grupo gaúcho que, no entanto, se esquiva em fornecer detalhes.

Estão de fora desses planos os projetos como o utilitário Marruá elétrico (parceria com a Itaipu) e o ônibus diesel-elétríco Hybridus. A Agrale tem como norma investir anualmente 3% do faturamento bruto em pesquisa e desenvolvimento. “Temos hoje 100 pessoas trabalhando na área técnica”, destaca o diretor industrial Ércio Lutkemeyer.

FATURAMENTO RECORDE

A busca pela especificidade é um dos trunfos da Agrale, que estabelecerá em 2012 um recorde histórico de faturamento em 50 anos de atividade, de R$ 1 bilhão, previsto para este ano, 12% acima da receita obtida em 2011, mesmo considerando fatores adversos como a retração de vendas de ônibus e caminhões devido à nova legislação Proconve P7.

Flávio Crosa, diretor de vendas, projeta 2013 melhor com o retorno da produção de caminhões no País ao patamar acima de 155 mil unidades (ante 135 mil estimadas para 2012) e de ônibus acima de 31 mil unidades (ante 28 mil projetadas para este ano). “Acredito que no próximo ano o mercado já assimilará melhor a motorização Euro 5”, prevê o executivo.

EXPANSÃO

Para se adequar aos novos tempos, a Agrale está investindo R$ 10 milhões em obras civis para a ampliação em mais 6 mil m²da unidade 2, onde está concentrada a expedição e a operação de montagem dos caminhões Navistar, e mais 1,5 mil m² para a unidade 3, onde ocorre a produção de chassis para os utilitários Marruá.

O novo espaço da unidade 2 será utilizado para a montagem do novo chassi de ônibus de 17 toneladas, que necessita de espaço maior, e também para a armazenagem de materiais e de componentes. O início da produção está marcado para março de 2013. Até o momento foram montados seis protótipos encarroçados pela Comil, Neobus e Marcopolo.



Tags: Agrale, Hybridus, Proconve P7, Euro 5, Navistar, Marruá, Comil, Neobus, Marcopolo.

Comentários

  • luiz c. ferraro

    Deve ser orgulho para os brasileiros que uma empresa 100% nacional esteja em rítmo de crescimento conforme indicado. Precisamos valorizar mais oque é da nossa terra. parabens a Agrale

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência