Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Powertrain | 06/11/2012 | 16h33

Honeywell: 50 milhões de turbos variáveis

Tecnologia foi lançada em 1995

REDAÇÃO AB

A Honeywell Turbo Technologies informa que atingiu a marca de 50 milhões de turbos Garrett de geometria variável já produzidos em todo o mundo, desde o lançamento do modelo, em 1995. O primeiro automóvel a usar o turbocompressor desse tipo foi o Fiat Croma 1.9 diesel. Hoje a tecnologia está em sua terceira geração (lançada em 2004 no BMW Série 1) e equipa vários veículos, inclusive no Brasil, onde está presente nas versões diesel das picapes médias Volkswagen Amarok 2.0, Chevrolet S 10 2.8 e Ford Ranger 3.2.

Por enquanto, os turbos de geometria variável usados no Brasil são importados, mas os dois principais fabricantes, Honeywell e Borg Warner, não negam a intenção de produzi-los em sua fábricas brasileiras caso a demanda aumente (leia aqui). Isso é esperado nos próximos anos, pois os turboalimentadores têm papel importante na diminuição do tamanho de motores sem perda de potência, para atender às necessidades de redução de consumo de combustível e emissões de CO2. O novo regime automotivo brasileiro prevê o comprometimento das montadoras em melhorar a eficiência energética de seus veículos até 2017, o que eleva as chances de maior utilização de turbos, inclusive em motores a gasolina/etanol.

No turbo de geometria variável, as palhetas são móveis, o que permite à turbina trabalhar com máxima eficiência nas diversas faixas de rotação – é como se o motor tivesse vários turboalimentadores em um só. A atual geração pode ser controlada por um atuador eletrônico, que faz interface direta com a unidade de gerenciamento eletrônico do motor, possibilitando respostas mais rápidas e maior precisão na pressão de sobrealimentação, bem como na recirculação dos gases de escape, no caso dos motores diesel Euro 5 que usam a tecnologia EGR para a redução de emissões de poluentes.



Tags: Honeywell, Garrett, turbo, turbocompressor, sobrealimentação, motor, consumo, CO2.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência