Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 04/12/2012 | 12h15

Ford renova marca Lincoln e volta a segmento de luxo

Sedã Mkz é o primeiro de quatro modelos que serão lançados nos próximos quatro anos

REDAÇÃO AB

A Ford está decidida a voltar competir no mercado automotivo de luxo. Para tanto, acaba de anunciar o retorno da marca premium Lincoln, agora reestruturada como "The Lincoln Motor Company". O primeiro, de quatro novos modelos que terão a missão de atrair os clientes de luxo nos próximos quatro anos, será o novo sedã Mkz.

"Estamos anunciando um recomeço para a marca que tem sido parte do grupo Ford há mais de 90 anos", explicou Alan Mulally, presidente da Ford. "A nova Lincoln será definida por veículos de alto prestígio, como o novo Mkz, entregando qualidade, estilo único e tecnologia inovadora com substância. Junto a esses elementos, a Lincoln vai oferecer experiências pessoais surpreendentes e empolgantes para atrair os novos consumidores de luxo."

Segundo Mulally, as bases desse plano foram lançadas há alguns anos, quando a empresa se desfez de outras marcas de luxo para se concentrar no desenvolvimento das marcas Ford e Lincoln. Desde então, houve um rejuvenescimento da Ford e chegou a hora de a Lincoln seguir na mesma direção.

"Esta é a hora da Lincoln", disse Jim Farley, vice-presidente executivo global de marketing, vendas e serviço da Lincoln. "A nova economia mudou as pessoas e a sua visão do luxo. Hoje, os consumidores deste segmento tomam decisões com base no que atrai as suas paixões e não no que acreditam que vai impressionar os outros. Sabemos que precisamos continuar a supreender e encantar esses novos clientes."



Tags: Ford, Lincoln, Mkz, segmento de luxo, Alan Mulally.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência